Segundo detento do Amazonas testa positivo para Covid-19, em Parintins

Nícolas Marreco – Da Revista Cenarium

O segundo detento do sistema prisional do Amazonas testou positivo para Covid-19 nesta sexta-feira, 1. O caso é da Unidade Prisional de Parintins (UPPIN), distante a 369 quilômetros de Manaus. O estado de saúde do interno é considerado estável, conforme o governo. Parintins já soma 179 contaminados e 13 mortes pelo novo Coronavírus.

O interno começou a apresentar os sintomas na última quarta-feira, 29. Ele foi levado à unidade de saúde por duas vezes e liberado em seguida. No segundo atendimento, o médico solicitou o teste rápido, o qual foi concluído hoje.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que a direção da UPPIN isolou o interno infectado logo após as primeiras manifestações da doença. Ele dividia a cela com apenas um interno, que não apresentou nenhum sintoma até o momento, e que também foi isolado.

Segundo o diretor da UPPIN, Aluízio Cerdeira, a suspeita é que o interno tenha mantido contato com um servidor, afastado por testar positivo para Covid-19 no dia 19 de abril. Não há nenhum outro caso suspeito dentro do presídio.

A unidade prisional pediu à Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) que seja feito um monitoramento dentro da unidade prisional a partir deste sábado, 2. O primeiro caso de um detento contaminado foi divulgado no último 22 de abril, e ocorreu após o interno passar mal e ser levado ao HPS 28 de Agosto. 20 dias depois da consulta, o governo confirmou o contágio.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO