Estudo indica que vacinados com três doses têm mais proteção contra a variante Ômicron do coronavírus

VOLTAR PARA O TOPO