Abandono de paridade internacional pela Petrobras tem avaliação positiva, mas não muda preços no AM

VOLTAR PARA O TOPO