Tom Jobim faria 95 anos neste 25 de janeiro, Dia da Bossa Nova

Com informações da Agência Brasil

BRASÍLIA (DF) – O dia 25 de janeiro é uma data duplamente marcante para a música brasileira. Neste dia nascia um dos maiores nomes da MPB, o maestro Antônio Carlos Jobim, mais conhecido por Tom Jobim, que completaria, nesta terça-feira, 95 anos.

Um dos expoentes da bossa nova, Tom inovou a música brasileira trazendo elementos do jazz para composições que ainda são reverenciadas no País e no exterior. “Águas de Março”, “Só Tinha de Ser com Você”, ambas na interpretação da saudosa Elis Regina, são alguns dos seus grandes sucessos.

“Garota de Ipanema”, regravada pelo norte-americano Frank Sinatra, ganhou inúmeras versões em tantas outras vozes nacionais e internacionais. Na mais recente delas, a cantora brasileira Anitta canta o hit Girl From Rio inspirado neste que é considerado um dos maiores clássico da bossa nova.

Em 1982, em entrevista rara do acervo da TV Brasil, Tom falou como “Garota de Ipanema” foi composta.
Tom Jobim nos deixou aos 67 anos de idade, vítima de uma parada cardíaca, em 1994. E na data em que um dos seus ícones nasceu, também é comemorado o Dia da Bossa Nova.

O gênero musical idealizado por Tom, Vinícius de Moraes e João Gilberto, trouxe uma simplificação do samba carioca, com elementos do jazz norte-americano e composições com letras mais leves quando comparadas as do samba.

A música “Chega de Saudade” marcou o começo da bossa nova, na voz de Elizeth Cardoso, com João Gilberto no violão. Em 1958, foi regravada por João Gilberto, ganhando ainda mais notoriedade. Na década seguinte, a bossa nova conquistava definitivamente o Brasil e o mundo.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO