Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
25 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Victória Sales – Da Revista Cenarium

MANAUS – Após decolar da capital amazonense, um voo da empresa Azul Linhas Aéreas com destino a Recife precisou retornar para Manaus por pane mecânica, na madrugada desta segunda-feira, 10, por volta das 2h. Uma das turbinas da aeronave pegou fogo minutos depois da decolagem do Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. Em imagens publicadas nas redes sociais, é possível ver o desespero dos passageiros e a tensão ao perceberem o acidente.

A jornalista Cleo Pinheiro, que estava dentro da aeronave, relatou nas redes sociais que, minutos após a decolagem, a turbina começou a pegar fogo. “Eu vi, eu estava na janela. Eu vi”, conta. ”Uma mulher deu um grito lá atrás e a gente entendeu que estava acontecendo algo, olhei pela janela e vi o fogo, aí começou aquele desespero e o fogo aumentou”, completa.

De acordo com o passageiro Sávio Silva, o piloto informou sobre o problema e que o avião havia feito o retorno para Manaus novamente. “Eu estava na minha primeira viagem de avião e, para uma primeira viagem, não foi nada tranquilo. Deu um medo, um nervosismo, mas, graças a Deus, o piloto conseguiu fazer o pouso. Sobrevivemos”.

Após o acidente, ninguém ficou ferido. Um dos passageiros, o antropólogo colombiano Andrés Bernal destacou a preocupação dos passageiros após o aviso do piloto. “Só algumas pessoas viram o fogo, mas todo mundo começou a ficar nervoso. Tinham pessoas chorando. Ninguém sabia se as aeromoças e os pilotos sabiam e as pessoas queriam avisar. Minutos depois o piloto avisou que tinha um problema técnico e voltamos para Manaus”, contou.

Os passageiros informaram também que, depois do acidente, foram acomodados em outros voos da própria companhia e que devem embarcar para os seus destinos ainda nesta segunda-feira, 10.

Veja vídeo:

Relato da jornalista Cleo Pinheiro. (Reprodução/ Instagram)

Empresa se posiciona

Por meio de nota à CENARIUM, a Azul Linhas Aéreas pediu desculpas pelo que chamou de “aborrecimento”. “A Azul esclarece que, por questões técnicas, o voo AD2649 (Manaus-Recife) precisou retornar ao aeroporto de origem nesta madrugada, 10. A companhia ressalta que prestou toda a assistência necessária a seus clientes, conforme previsto na resolução 400 da Anac, e os reacomodou nos próximos voos da companhia partindo de Manaus. A Azul lamenta eventuais aborrecimentos causados e reforça que medidas como essas são necessárias para garantir a segurança de suas operações”.