Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
14 de junho de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
Carolina Givoni – Da Revista Cenarium

MANAUS – O secretário de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), coronel Louismar Bonates, prometeu “tolerância zero” contra os responsáveis pela onda de crimes em Manaus, durante a coletiva de imprensa realizada no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) neste domingo, 6. Na reunião do Gabinete de Crise, o titular da pasta governamental garantiu que o policiamento está sendo reforçado para garantir o direito de ir e vir.

“Vamos acabar com essa brincadeira que está acontecendo na cidade”, disse Bonates ao fazer referência aos incêndios em veículos registrados em diversos bairros de Manaus, dentre eles Planalto, Petrópolis, Santa Etelvina, São José 2, Novo Aleixo, Cidade de Deus, Japiim, Tarumã Açu, Jorge Teixeira, Armando Mendes e Flores.

De acordo com o secretário, as ações de vandalismo foram motivadas pela morte de um traficante conhecido como “Dadinho”, apontado como líder da facção Comando Vermelho (CV). “Informações iniciais, levantadas pelo departamento de inteligência da SSP-AM, apontam que a ordem de depredação partiu de um presídio. Os nomes dos mandantes também já estão sendo levantados e estes serão, posteriormente, transferidos para um presídio federal”, detalhou a imprensa.

Um Gabinete de Crise, formado pela Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros alinha, neste momento, outras ações que serão tomadas. Informações dão conta de que 17 veículos foram incendiados, sendo 7 ônibus. Ninguém ficou ferido nas ações, porém uma ambulância foi atacada por criminosos e os ocupantes foram roubados.

No interior do Estado, criminosos tentaram atear fogo em delegacias nos municípios de Careiro Castanho e Parintins. “Em todos os locais está sendo reforçado o policiamento”, destacou o secretário de Segurança Pública.

“A polícia será extremamente rigorosa contra essas pessoas. Nós estamos triplicando o número de viaturas, dando garantia, inclusive, aos prédios públicos, também de maneira que não haverá necessidade da população deixar de ir para a rua fazer o que tiver que fazer. Nós estamos reforçando todos os corredores de ônibus de toda a cidade, triplicando o número de viaturas não só na capital como na região metropolitana”, afirmou Bonates.