Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
18 de maio de 2021

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC
Acompanhe nossas redes sociais

Jennifer Silva – Da Revista Cenarium

MANAUS – O programa “Cenarium Entrevista”, desta terça-feira, 13, comandado pela apresentadora Andréa Vieira, vai entrevistar, às 21h, a primeira presidente mulher da Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), Michele Bessa. A gestora vai contar um pouco sobre seus planos para implementação de políticas públicas voltadas ao Setor Primário, dialogando com o público-alvo dos programas da pasta, mantendo a presença atuante da ADS no campo, além da atenção especial às mulheres e sobre o que é ser a primeira mulher a ocupar o cargo mais alto da instituição.

“É uma grande responsabilidade. Eu já sabia que era um grande desafio assumir a agência e me deparando com esse cenário de ser a primeira mulher no cargo de chefia lá, minha responsabilidade só aumenta. Eu quero aproveitar essa oportunidade que estou tendo para incentivar as mulheres e apoiá-las”, afirmou Michele Bessa.

A implementação de medidas que ajude as mulheres agricultoras é o principal objetivo de Michele, como a maior representante do gênero dentro da agência. “Meu papel à frente da agência é apoiar, incentivar, criar maneiras que elas possam escoar sua produção de uma forma mais dinâmica. Ter essa sensibilidade feminina e que elas se sintam acolhidas, sempre abertas a um diálogo”, garante a presidente da ADS.

Ações

Michele explica quais as ações que pretende dar início para ajudar os agricultores e feirantes com a pandemia do novo coronavírus. “Ajudaremos comprando, comercializando os produtos desses produtores. Ajudando as comercializações dos feirantes por meio das feiras da ADS, tanto na capital quanto no interior. Nossa ajuda será na forma de geração de renda, geração de emprego durante todo esse período, que é um período crítico para todos nós”, garantiu Bessa.

Retorno das atividades

Com a pandemia e a suspensão das feiras, Michele explica como tem sido o processo de retorno das atividades das famosas feiras da ADS. “O retorno está acontecendo de forma gradativa. Aqui em Manaus já retornaram todas, e de forma segura tanto para os feirantes quanto para o consumidor. Sempre respeitando todas as regras de biossegurança. Todos os cuidados foram para continuar com esse incentivo para ajudar na geração de renda para esses agricultores”, afirmou.

Das metas para o ano de 2022, Michele diz que vai dar continuidade aos programas já existentes e implementará novos. “Como metas para o próximo ano, nós pretendemos dar continuidade a todos os nossos programas, no Programa de Regionalização da Merenda Escolar (Preme), Programa de Regionalização do Mobiliário Escolar (Promove), no Balcão de Agronegócios, também o programa chamado Doação Honerosa”, finalizou a presidente da ADS.