Vânia Marques toma posse como nova desembargadora do TJAM

Matheus Pereira – Da Revista Cenarium

MANAUS – A promotora do Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM), Vânia Maria do Perpétuo Socorro Marques Marinho, tomou posse do cargo de desembargadora no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), em sessão do Tribunal Pleno, realizada de forma virtual nesta terça-feira, 6.

No discurso de posse, Vânia relembrou a trajetória de vida desde a infância ao crescimento profissional. “Quantas alegrias meu amado MP me proporcionou, cobrando é claro sua cota de sacrifícios, inerentes ao gáudio de sermos promotores de Justiça, sempre atuantes e robustecidos pelo convívio de tantos e tão aguerridos colegas, que junto com os operosos e igualmente sensíveis e técnicos juízes fazem a diferença na vida daqueles a quem temos o dever maior de servir, o povo do nosso Estado”, disse Vânia.

Sobre a chegada ao TJAM, Vânia Marques agradeceu aos colegas desembargadores da Corte pelos votos que acarretaram na nomeação pelo governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC). Marques aproveitou a oportunidade para projetar expectativas sobre a nova etapa no tribunal.

“Gratidão é sempre a palavra que me vem a mente e ao coração, temperada por uma ponta enorme de receio pelo novo, pela angústia que habita todo aquele a quem cabe a missão de julgar. Porém, neste momento, eu lembro que estarei entre grandes e generosos magistrados, que desde o primeiro momento me acolheram de forma calorosa e amiga, o que me alenta sobremaneira, pois sei que terei sempre a sólida orientação em minhas dúvidas e a correção tempestiva de minhas falhas com a mesma presteza e paciência”, assinalou a nova desembargadora.

A sessão foi presidida pelo presidente do TJAM, Domingos Jorge Chalub Pereira e contou com a participação de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), do Superior Tribunal de Justiça (STJ), inclusive o ministro, Mauro Luiz Campbell Marques, irmão da nova desembargadora. O governador do Amazonas, Wilson Lima, o prefeito de Manaus, David Almeida, e representantes do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), do Tribunal de Contas da União (TCU), do Ministério Público Federal (MPF), do Ministério Público do Estado do Amazonas (MP-AM) e de tribunais e entidades jurídicas também participaram da solenidade.

Nomeação

Vânia Maria Marques foi nomeada na última terça-feira, 30, pelo governador Wilson Lima, à vaga destinada a membro do Ministério Público do Amazonas, pelo chamado Quinto Constitucional, dispositivo que prevê o preenchimento de um quinto das vagas dos tribunais, entre eles os estaduais, por advogados e membros do MP.

A promotora do MP-AM foi a mais votada da lista tríplice encaminhada pelo TJAM ao governador com 20 votos no total, recebidos de todos os magistrados do pleno aptos à votação. Os outros promotores da lista tríplice enviada ao governador eram Luiz Alberto Dantas Vasconcelos, com 9 votos, e Mirtil Fernandes do Vale, com 7 votos.

Currículo

Vânia Marques é graduada em Direito pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e mestre em Direito Ambiental pela UEA. É doutoranda em Direito Público pela Universidade Federal de Minas Gerais e pela UEA. Até a publicação do decreto que a nomeou como desembargadora, era a titular do cargo de promotora de Justiça de entrância final do MP-AM. Marques também atua como professora estatutária da UEA na área de Direito Ambiental.

A nova desembargadora também já atuou nas comarcas de municípios do interior do Amazonas, como Tefé e Silves. Também foi titular da 44ª Promotoria de Justiça junto a 1ª Vara da Fazenda Pública Municipal, trabalhando ainda na 18ª Promotoria de Justiça de Defesa do Meio Ambiente e na 52ª Promotoria de Urbanismo.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO