Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
23 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
Marcela Leiros – Da Cenarium

MANAUS – Um trecho entre o Km 15 e 18 da BR-319 – que liga Manaus (AM) a Porto Velho (RO) e, consequentemente, ao resto do País – desmoronou na manhã desta segunda-feira, 23, interditando completamente o tráfego na via e deixando veículos e pessoas presos em um dos dois lados da cratera. O desabamento ocorreu por volta das 6h, segundo moradores da região.

No Amazonas, a BR-319 inicia no Porto da Ceasa, na zona Sul de Manaus, e segue a partir do Porto de Careiro da Várzea até o Estado rondoniense. O transporte entre as margens dos rios Negro e Solimões é feito por meio de embarcações. De acordo com o kombeiro Alex Brito, que trabalha com transporte de pessoas a partir do Careiro da Várzea a outras localidades, o desabamento do trecho altera a rotina de quem depende da via.

“Nós fazemos tipo uma espécie de catraia, o que estão do outro lado, traz de lá, e do lado de cá, a gente traz até o Careiro [Castanho], e a gente faz dessa forma. A gente tenta se adaptar nessa novidade que a natureza nos traz”, contou Alex.

Ainda de acordo com o morador do Km 14 da Estrada de Autazes, no momento do desabamento não estava chovendo. A suspeita é que um curso d’água, conhecido na região como “bueiro”, tenha fragilizado a estrutura da via. “Não tava [SIC] chovendo não, porque lá é um bueiro, e eu acho que do bueiro ser bem antigo, ele cedeu ou quebrou e com a força da água que fica do outro lado. ‘Arriou’ e levou o barro, com asfalto e tudo”, detalhou ele.

Providências

A reportagem entrou em contato com o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), responsável pela pavimentação e manutenção da BR-319, sobre o desabamento e quais providências serão tomadas em relação à via, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria.

Veja o vídeo:

Trecho da BR-319 desmoronou na manhã desta segunda-feira, 23 (Alex Brito)