23 de janeiro de 2021

Com informações do Globo Esporte

O francês Romain Grosjean sofreu o acidente mais assustador da Fórmula 1 nos últimos anos durante sua primeira volta no GP do Barein, neste domingo, 29. A Haas do francês explodiu e foi partida ao meio depois de uma batida violenta no guard rail (gradil de proteção) após um toque com a AlphaTauri do russo Daniil Kvyat.

Grosjean ficou na cabine do veículo em chamas por cerca de 30 segundos, mas, sem ter desmaiado com o impacto, conseguiu sair do espaço chamado cockpit e correu para pular o guard rail enquanto seu carro continuava pegando fogo.

O francês sofreu queimaduras leves e, consciente, foi levado ao centro médico do autódromo de Sakhir. O piloto da Haas deverá ser levado em breve a um hospital de maior porte.

A prova foi interrompida com a bandeira vermelha porque o guard rail ficou bastante danificado. Os responsáveis pela infraestrutura do autódromo começaram, imediatamente, o trabalho de reconstrução da barreira. Não há previsão para o reinício da corrida.

Assista ao vídeo:

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.