Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
5 de dezembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Mencius Melo – Da Revista Cenarium

MANAUS – O evento ‘Virada Sustentável 2020’, levou ativistas da causa ambiental para a comunidade Parque das Tribos em Manaus, no último sábado, 7, para uma ação de plantio de 200 mudas de árvores frutíferas naquela localidade. A iniciativa faz parte do conjunto de ações programadas para a edição da virada este ano em Manaus.

Voluntários participaram ativamente respeitando os protocolos sanitários (Reprodução/Divulgação-FAS)

O plantio teve início às 8h30 e mobilizou ativistas e moradores que, seguindo os protocolos de segurança frente à pandemia do novo Coronavírus, executou a ação ambiental. O plantio das 200 mudas na área indígena visa a restauração ecológica de uma área degradada, além da conservação de uma nascente de rio que existe no local.

De acordo com Gabriel Cavalcante, organizador da ação, a mobilização teve impacto positivo na comunidade. “O Parque das Tribos sofreu durante esses últimos anos com a degradação de sua flora e a ação tem como objetivo recuperar, a longo prazo, a flora daquele local e por isso plantamos 200 mudas e ainda distribuímos mais 100 para os moradores”, destacou.

Ações online

Ainda segundo Gabriel, o retorno do plantio foi extremamente positivo, mas, apesar da vontade, as ações irão se concentrar no formato online, em função da pandemia. “As ações da virada estão voltadas para o cenário online que, apesar de positiva a ação no Parque das Tribos, não teremos outras ações dessa natureza por conta da pandemia”, informou.

Crianças também participaram da ação ambiental no Parque das Tribos (Reprodução/Divulgação-FAS)

A jovem ativista indígena Sâmela Sateré participou da ação. “Foi uma experiência incrível poder contribuir com o reflorestamento de espécies frutíferas, além de contribuir com os parentes indígenas e contribuir com o meio ambiente, em um momento em que os não indígenas pensam em desmatar, queimar, invadir, lutar, nós estamos aqui pra curar a terra”, ponderou.

Para Sâmela, estar envolvida em ações com esse objetivo se resume em uma palavra que define a militância pelo meio ambiente e a dedicação ao próximo. “Compromisso! Somos coletivos, nossa luta é coletiva. Quando ajudo meu povo, estou fortalecendo nossa luta, contribuir é uma forma de pertencimento com o meu povo”, enalteceu a Sâmela Sateré.

Aldeia na periferia

O Parque das Tribos fica situado no Tarumã, Zona Oeste da cidade. A comunidade indígena é habitada por mais de 700 famílias de 35 etnias. É uma das localidades onde a Fundação Amazonas Sustentável (FAS) atua com projetos de mobilização social e sustentabilidade urbana, buscando a melhoria da qualidade de vida da população.

Comunitários receberam mudas de plantas frutíferas para plantar nos quintais (Reprodução/Divulgação-FAS)

Já a ‘Virada Sustentável’ acontece em sua sexta edição. É um evento que busca conscientização por um mundo ambientalmente melhor. Reúne arte, ciência, informação, atitude e conscientização social e humana na busca por um equilíbrio planetário. Manaus é a única cidade do norte do Brasil a receber as edições do evento.