Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
17 de novembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Este tem sido um artifício que vários Bancos têm utilizado para impor empréstimos aos clientes.

Vários clientes têm reclamado desta PRÁTICA ABUSIVA das instituições financeiras.

Em um dos casos, um cliente que é aposentado pelo INSS, percebeu os descontos de um empréstimo consignado em sua aposentadoria. Ocorre que ele nunca solicitou empréstimo algum!

Fez contato com o banco, devolveu o dinheiro recebido e as parcelas continuaram sendo descontadas de sua aposentadoria.

E pior ainda: no mês seguinte, apareceu outro desconto em sua aposentadoria, relativo a um segundo empréstimo consignado, da mesma instituição financeira. Inacreditável!

Novamente, ele fez contato, devolveu o valor, mas as duas parcelas continuaram sendo cobradas.

A questão somente foi resolvida judicialmente.

É importante que as pessoas fiquem atentas, porque, infelizmente, esta prática tem sido comum.

Como muitas vezes, os valores das parcelas do  empréstimos  são baixas, podem passar despercebidas. Portanto, verifiquem atentamente os extratos de pagamento das aposentadorias ou pensões para constatarem se não há nenhum desconto errado.

Se perceber algo parecido, não deixe de procurar um advogado de sua confiança.

No próximo artigo, falaremos de outro golpe que tem sido praticado pelos bancos.

Conhece alguém que pode se  interessar por este assunto? Envie para seus amigos, afinal, algum deles pode estar sendo vítima desta prática.

(*) Flávia Oleare é advogada civilista, especialista em direito de família e sucessões. É membro da Comissão de Direito de Família e Sucessóes e da Comissão de Idosos da OAB. Sócia do escritório Oleare e Torezani Advocacia e Consultoria.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.