30 de outubro de 2020

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC

Bruno Pacheco —  Da Revista Cenarium*

MANAUS —  O governador Wilson Lima (PSC) vai se reunir novamente na segunda-feira, 21, com o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Freitas, para analisar detalhes e avançar nas tratativas de pavimentação da BR-319. Segundo Lima, na próxima terça-feira, 22, a pasta ministerial vai lançar o edital de licitação para o asfaltamento dos trechos do km 198 a 250 da rodovia federal.

No sábado, 22, durante solenidade de entrega de implementos agrícolas e lançamento de programas estaduais no Distrito de Matupi, em Manicoré, região sul do Amazonas, o Wilson Lima garantiu a reunião que deve contar com governadores da região, sindicados e associações comerciais.

De acordo com o governo, o debate sobre o assunto iniciam com uma audiência pública junto ao Ministério, com a presença de representantes dos Estados do Norte e parlamentares para discutirem questões referentes aos trabalhos na rodovia.

“Estive reunido com o ministro que deu a notícia da licitação para pavimentação dos trechos do km 198 ao 250 da BR-319. Já na segunda-feira vamos reunir com o ministro de Infraestrutura (Tarcísio de Freitas) e toda sua equipe e governadores da nossa região, bem como sindicatos e associações comerciais para analisar detalhes sobre como vamos ajudar o Ministério (de Infraestrutura) e como avançar nesse pleito da BR-319, que é um sonho da região”, explicou o governador.

Distrito de Matupi

Para o Distrito de Matupi, o governador também anunciou que vai realizar a reforma da quadra poliesportiva da Escola Estadual Santo Antônio do Matupi para o ano letivo de 2021. Na área da saúde, ele enfatizou que, em 15 dias, serão retomadas as obras de uma unidade hospitalar da localidade. A obra deve ser entregue até o fim deste ano.

A unidade terá 14 leitos com serviços de urgência e emergência, laboratório de análises clínicas e raio-x, atendimento obstétrico e atendimento odontológico. A obra está com 90% de conclusão. Atualmente, a Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra) está levantando a situação atual da unidade.

(*) Com informações da assessoria

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.