Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
19 de abril de 2021

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC
Acompanhe nossas redes sociais

Com informações da assessoria

MANAUS – A Corregedoria-Geral de Justiça do Amazonas (CGJ/AM) recebeu neste mês um total de 250 novos processos. Todos eles já estão tramitando no novo sistema de automação do órgão, o Processo Judicial Eletrônico das Corregedorias (PJeCOR), implementado no Amazonas na última quinzena de janeiro.
 
No País, a utilização do PJeCOR é recomendada aos órgãos judiciários de correição pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), conforme expresso no Provimento 102, de 8 de junho de 2020, por meio do qual o conselho concedeu o acesso ao sistema a todas as corregedorias a fim de possibilitar o processamento padronizado dos procedimentos administrativos em tramitação.
 
No âmbito da Corregedoria-Geral de Justiça do Amazonas, a implantação do PJeCOR foi determinada pela corregedora-geral, desembargadora Nélia Caminha, recomendando que todos os novos processos, de competência da CGJ/AM, passem a tramitar no novo sistema.
 
Desde a implantação do PJeCOR, a corregedoria vem intensificando a disseminação do novo sistema, instruindo magistrados/servidores do Tribunal de Justiça do Amazonas e o público externo (operadores do direito, defensores públicos, membros do Ministério Público e outros) a acessar e a ter o devido domínio sobre suas funções e ferramentas.
 
Conforme a diretora da Divisão de Expediente da Corregedoria-Geral de Justiça do Amazonas,  Adriana Britto, diversos setores do órgão estão empenhados, desde o início do ano, em instruir e orientar o melhor uso do PJeCOR, que gradativamente, está sendo consolidado. “Este é um trabalho que vem sendo executado pelos diversos setores da CGJ/AM e inclui a divulgação do sistema, o fornecimento de instruções sobre sua utilização e também o assessoramento aqueles que têm interesse e/ou precisam utilizá-lo em seus ofícios.

Hoje, com 250 novos processos devidamente ingressos no PJeCOR, avaliamos que a plataforma está sendo bem recebida e suas funcionalidades assimiladas pelos usuários”, afirmou Adriana Britto, destacando a proatividade dos técnicos e servidores da CGJ/AM pelo empenho em disseminar o sistema.
 
Para facilitar a disseminação do PJeCOR e instruir o seu uso, a corregedoria disponibilizou videoaulas, cujo conteúdo instrutivo pode ser acessado pelo público interno do Tribunal do Justiça do Amazonas (sendo necessário que estejam logados em seus e-mails institucionais servidores e magistrados) no link:https://drive.google.com/drive/folders/1x3nZ40A9xwq11QeR4456tm1FDL0cYJdQ?usp=sharing
 
Já o público externo (operadores do direito, membros do Ministério Público, defensores públicos e outros) pode acessar as videoaulas no link:https://drive.google.com/drive/folders/1Lv-U8_6kdTkPhUQqV_zku4VahiGlvxqx.

Diretores das unidades administrativas do TJAM devem preencher formulário

Reforçando a política de disseminação do PJeCOR, nesta semana, a Corregedoria de Justiça solicita a todos os diretores de unidades administrativas do Tribunal de Justiça do Amazonas que preencham, até o próximo dia 4 de março, um formulário, sendo fator condicionante para que esses recebam a devida autorização para utilizar o novo sistema.
 
O formulário pode ser acessado no link: https://forms.gle/srqhJhQUp33UF4iM6, sendo necessário, para seu preenchimento, que o diretor de unidade esteja logado em seu e-mail institucional.
 
Para informações sobre o procedimento do formulário, a CGJ/AM disponibilizou o e-mail: [email protected], ou os contatos telefônicos: 98494-1586 (WhatsApp), 2129-6655 e 2129-6678.