8 de março de 2021

Com informações da assessoria

MANAUS – O vereador Rodrigo Guedes (PSC) realizou um pedido de audiência pública para propor medidas para a manutenção das atividades empresariais na cidade de Manaus junto aos comerciantes e entidades do setor privado.

Durante discurso no plenário da Câmara Municipal de Manaus (CMM), nesta terça-feira, 9, Rodrigo Guedes ressaltou que as medidas de restrição aos setores comerciais, de âmbito municipal e estadual, em razão da pandemia do coronavírus, têm afetado vários segmentos do setor privado e que, por conta disso, há a necessidade de uma discussão com os empreendedores.

“Não vai se chegar a uma solução dialogando apenas com pessoas que já estão com o salário garantido. Precisamos ouvir a todos. Desde o dono das grandes empresas ao vendedor do churrasquinho. É necessário chegar a um consenso viável a todos porque o comércio não é inimigo da Saúde e a Saúde não é inimiga do comércio”.

Rodrigo Guedes ressaltou a necessidade de a Casa realizar a audiência pública exemplificando que somente o segmento de alimentação representa mais de 80 mil empregos diretos, contando com mais de 13 mil empresas devidamente registradas nos órgãos oficiais de fiscalização.

Além disso, o vereador se pronunciou contrário ao lockdown na capital porque, segundo Rodrigo Guedes, para a implementação de medidas mais duras contra a Covid-19, o comércio e a população da capital necessitam de um arcabouço de proteção social por parte das autoridades.

“A exemplo disso, pedimos à Semef (Secretaria Municipal de Finanças) que seja adiado o início da cobrança do IPTU e de outros impostos municipais. É possível encontrarmos uma solução racional para que o povo não morra por conta da Covid-19 e também não morra de fome”, disse.