Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
1 de dezembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Luís Henrique Oliveira – Da Revista Cenarium

MANAUS – Momentos após anunciar pelo Twitter a contratação de 267 profissionais para suprirem a necessidade de atendimento ao combate da Covid-19 no Amazonas, o ministro da Saúde, Nelson Teich, desembarcou em Manaus neste domingo, 3, por volta das 17h. No entanto, pegou jornalistas de surpresa, que o aguardavam desde cedo, ao informar que não iria realizar coletiva nas dependências do Aeroporto Eduardo Gomes, zona oeste da capital.

De acordo com assessoria do Governo do Amazonas, apenas uma rápida transmissão online, de pouco mais de 20 minutos foi realizada por meio das páginas oficiais do governo nas redes sociais.

O modelo de “coletiva de imprensa online” se tornou comum nos últimos meses como medida para evitar a aglomeração de jornalistas. No entanto, alguns secretários ainda comunicam a imprensa nos moldes antigos, como na manhã do sábado, 2, onde o secretário de Segurança Pública (SSP-AM), Louismar Bonates, não realizou coletiva online, mas sim, ao vivo na porta da cadeia, deu esclarecimentos sobre uma rebelião na Unidade Prisional do Puraquequara (UPP).

Teich desembarcou em Manaus junto ao secretário-executivo, Eduardo Pazuello. Pelo Twitter, o ministro informou que o Amazonas receberá o reforço de 37 médicos, 118 enfermeiros, 57 técnicos de enfermagem, 26 fisioterapeutas e 17 biomédicos.

Neste domingo, 3, a vinda do ministro coincidiu com o mesmo dia em que o Amazonas registrou recorde de casos de Covid-19 em apenas 24 horas. Segundo balanço epidemiológico da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), 621 casos foram registrados, elevando o total para 6.683.

Reforço

Ainda no sábado, 2, dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) chegaram a Manaus com grande quantidade de equipamentos de proteção individual e outros materiais de saúde para serem distribuídos para a rede hospitalar do estado.

As aeronaves – modelo Embraer KC-390 Millennium – transportaram cerca de 452 mil equipamentos de proteção individual (EPI’s), sendo 300 mil unidades de máscaras cirúrgicas, 17 mil unidades de máscaras N95, 130 mil unidades de luvas, 4.080 óculos e 1.300 aventais; além de 1.080 litros de álcool em gel doados pela Fundação Itaú para Educação e Cultura.

Casos no País

Ainda neste domingo, o Ministério da Saúde divulgou novos números sobre a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) no País. De acordo com levantamento diário feito pela pasta, o Brasil tem 101.147 casos confirmados da doença e 7.025 mortes foram registradas. A taxa de letalidade é de 6,4%. O número de pessoas recuperadas da Covid-19 é de 42.991.

Nas últimas 24 horas, o ministério registrou 4.588 novos casos e 275 mortes. 

A região Sudeste registra 48.115 (47,6% dos casos) pacientes com a doença. Em seguida, aparecem as regiões Nordeste (30.022 – 29,7%), Norte (14.376 – 14,2%), Sul (5.526 – 5,5%) e Centro-Oeste (3.108 – 3,1%).