Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
20 de novembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Com informações da assessoria

MANAUS – O Centro de Ciências do Meio Ambiente (CCA) e a Unidade de Pesquisa em Energia, Clima e Desenvolvimento Sustentável (Upec) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) inauguraram, na segunda-feira, 25, o primeiro Edifício Solar no campus sede da Ufam para economizar até R$ 1,5 milhão aos cofres públicos, uma vez que os edifícios inaugurados têm capacidade de produzir mais de um milhão e quatrocentos mil quilowatts-hora (kWh) por ano.

Autoridades participaram de solenidade de inauguração de prédio solar. (Divulgação/ Ufam)

Durante seu pronunciamento, o reitor da Ufam, professor Sylvio Puga, destacou que as instalações inauguradas dotam a Universidade de uma complexa estrutura de pesquisa na área de energia, clima e ambiente. “Para a Universidade Federal do Amazonas, o dia de hoje é motivo de muito orgulho. Nós estamos inaugurando dois prédios solarimétricos e não vamos parar por aqui. Vamos avançar com essa iniciativa de vanguarda para os demais prédios da instituição. A Universidade nunca trabalha em função de si mesma, mas em função da sociedade e a maior demonstração disso é que hoje a Ufam coloca à disposição da sociedade soluções tecnológicas no que se relaciona à produção de energia mais sustentável”, declarou o reitor.

Na ocasião, também foram inauguradas sete estações solarimétricas que estão distribuídas entre os municípios de Manaus, Benjamin Constant, Coari, Humaitá, Itacoatiara, São Gabriel da Cachoeira e Parintins, além do Centro de Mídia e Tradução Simultânea do CCA e das instalações de estruturas e equipamentos da Unidade de Pesquisa em Energia, Clima e Desenvolvimento Sustentável (Upec). A solenidade contou com a presença do representante da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Amazonas (Fecomércio/AM), Roberto Bulbol. Confira a inauguração, na íntegra, no canal da TV Ufam no YouTube

O diretor do CCA, professor Eron Bezerra, ressaltou que a produção de energia limpa vai acarretar em uma economia, na Ufam, com relação a gastos com energia convencional. “Acima desses prédios de produção de energia solar, há 630 painéis com inversores, equipamentos que convertem a energia solar em elétrica. Outra importante inauguração é a unidade de pesquisa destinada a  monitorar dezenas de gases potencialmente danosos ao meio ambiente. As estações solarimétricas nas unidades do interior fornecerão informações para a elaboração do Mapa Solarimétrico do nosso Estado e o Centro de Mídia e Tradução Simultânea viabilizará nosso acesso direto ao conteúdo de palestras internacionais que são ministradas em outros idiomas. Agradeço ao reitor por ser um entusiasta de tais ideias” declarou o gestor do CCA.       

Recursos aplicados

Propositora da Emenda Parlamentar que financiou os recursos para tais projetos na Universidade Federal do Amazonas, enquanto senadora da República, entre 2017 e 2018, Vanessa Graziottin elogiou a boa aplicação das emendas parlamentares. “Essas inaugurações de hoje, aqui na Ufam, demonstram o quão foram bem aplicados os recursos enviados para a Universidade. Tenho um entusiasmo muito grande por esse projeto, especialmente, pois a energia solar é um dos nossos maiores potenciais”, declarou.

Estrutura

As estações solarimétricas recém-inauguradas são responsáveis por mensurar parâmetros solares, como a radiação solar global. As informações colhidas servirão para montar um Mapa Solarimétrico do Amazonas. “O Mapa é uma exigência da agência e é raro no Brasil. Oferecê-lo ao Amazonas é um trabalho estratégico e inédito que a nossa Universidade está oferecendo para a sociedade brasileira”, afirma o diretor do CCA, professor Eron Bezerra.                         

Centro de Mídia

Vinculado ao CCA, o Centro de Mídia e Tradução Simultânea será dotado de equipamentos de tradução simultânea para ajudar a melhorar o padrão do Programa de Pós-graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia (PPGCASA) nas avaliações nacionais. O Centro de Mídia está disponível para a comunidade acadêmica de acordo com os critérios e protocolos de parcerias.

Upec

Toda a estrutura inaugurada integra projetos ligados à Unidade de Pesquisa em Energia, Clima e Desenvolvimento Sustentável (Upec), grupo de pesquisa certificado junto ao Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), formado por nove pesquisadores doutores, mais de 40 bolsistas e 15 articuladores. O grupo tem como líder e vice-líder, respectivamente, os professores da Ufam, Eron Bezerra e Tereza Cristina Souza de Oliveira. Os demais pesquisadores são: Alíria Graciela Bicalho Noronha (Nilton Lins), Durbens Martins Nascimento (NAEA/Universidade Federal do Pará), Josemar Gurgel da Costa (Ufam), Marília Gabriela Gondim Rezende (Ufam), Natacha Cintia Regina Aleixo (Ufam), Ricardo Ruther (Universidade Federal de Santa Catarina) e Rodrigo Couto Alves (Ufam).

Parcerias

São parceiras da Upec, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), a Universidade Federal do Pará (UFPA), por meio do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos (NAEA), e a Universidade Nilton Lins. Na Ufam, estão envolvidos: Centro de Ciências do Ambiente (CCA), Faculdade de Ciências Agrárias (FCA), Instituto de Ciências Exatas (ICE), Instituto de Ciências Exatas e Tecnologia (ICET) e o Instituto de Saúde e Biotecnologia (ISB).