Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
24 de novembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Victória Sales – Da Cenarium

MANAUS – Com o objetivo de gerar economia, oferecendo produtos de qualidade e com preço acessível, Manaus ganhou mais uma Feira de Produtos Regionais da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS). Às vésperas do aniversário de 352 anos da capital amazonense, o espaço foi inaugurado neste sábado, 23, no Complexo Turístico da Praia da Ponta Negra.

A estrutura, montada no estacionamento em frente ao anfiteatro do Complexo Turístico, funcionará aos domingos de 6h às 12h. A produtora rural Jaqueline Reis, uma das feirantes do local, ressaltou a importância econômica de ter um espaço para garantir o seu sustento.

“Eu vejo assim: que essa feira vem nos dar mais oportunidade de exposição dos produtos que a gente vende. Então, isso, com certeza, é mais um meio de eu conseguir vender, trabalhar e ter um retorno melhor, financeiramente falando”, conta a feirante.

A produtora rural Jaqueline Reis na Feira de Produtos Regionais na ADS (Elias Mariano/Cenarium)

De acordo com o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), ainda há alguns desafios a serem enfrentados, pois, mesmo com a pandemia perdendo a intensidade, a crise continua e é preciso gerar emprego e renda, colocando comida no prato das pessoas que mais precisam. “Aqui, nós estamos dando mais uma oportunidade aos produtores da região metropolitana. Essa é uma feira onde quem planta e colhe vem fazer sua venda e elimina a figura do atravessador”, relata.

Wilson Lima diz ainda que o espaço oferece a mesma estrutura das outras 34 feiras localizadas em outros lugares da cidade. “Aqui você consegue comprar um produto mais em conta e um produto direto do produtor, então a feira da Ponta Negra segue o mesmo padrão que qualquer área onde funciona uma feira da ADS”, explicou.

Avaliação

O governo estadual também incentiva a produção rural destes pequenos agricultores por meio do Programa de Regionalização da Merenda Escolar e o Peixe no Prato. “Nós compramos da piscicultura e facilita o acesso ao crédito da assistência técnica. O Estado do Amazonas é o que mais compra da agricultura familiar em todo Brasil, superando São Paulo, Rio de Janeiro, e aqueles Estados que têm tradição na agricultura”, afirma Lima, enfatizando ainda o potencial do primeiro setor.

“Eu acredito muito no setor primário, por isso que a gente tem feito esses investimentos. Hoje, nós temos, no Estado, 34 feiras espalhadas pelo interior e até março o nosso objetivo é fazer com que essas estruturas cheguem a todos os municípios para dar esse suporte para aqueles produtores, para que eles possam trazer um produto direto para o consumidor”, pontua ainda.

Produtos comercializados na feira da ADS, na Ponta Negra (Elias Marianos/Cenarium)

Estrutura

Nesse primeiro momento, a nova feira da ADS contará com 35 feirantes e terá uma ala exclusiva de produtos orgânicos, além de beneficiar os moradores da região e atender o público que frequenta a Praia da Ponta Negra aos domingos. As feiras são fundamentais para o apoio de pessoas que vivem com o sustento da agricultura familiar. Somente em Manaus, são mais de 500 produtores comercializando produtos em 10 feiras, em diversos pontos da cidade, de segunda a sábado.

Os municípios do interior do Amazonas contam com 34 feiras em atividades, com mais de 830 trabalhadores. A previsão do governo do Estado é que as feiras estejam presentes em todos os 62 municípios do Amazonas. Todas as feiras da ADS garantem segurança aos clientes e produtores, cumprindo todos os protocolos de segurança contra a Covid-19.

Confira a agenda e os locais das feiras:

Sumaúma Park Shopping
(Avenida Noel Nutels, Cidade Nova)
Dia: Terça-feira
Horário: Das 14h às 19h
Participam cerca de 50 produtores por edição

Manaus Plaza Shopping
(Avenida Djalma Batista, Chapada)
Dia: Terça e Quinta-feira
Horário: Das 14h às 19h
Participam cerca de 40 produtores por edição

Shopping Ponta Negra
(Avenida Coronel Teixeira, Ponta Negra)
Dia: Quarta-feira
Horário: Das 16h às 20h
Participam cerca de 90 produtores por edição
A Feira do Shopping Ponta Negra conta com uma Ala de Produtos Orgânicos

Praça de Alimentação do Dom Pedro
(Praça de alimentação do bairro Dom Pedro, rua José Bonifácio, zona Centro-Oeste)
Dia: Quinta-feira
Horário: De 14h às 19h
Participam cerca de 35 produtores por edição

Centro Social Urbano do Parque 10 (CSU)
(Av. Perimetral, 22, Parque 10 de Novembro)
Dia: Sexta-feira
Horário: De 15h às 20h
Participam cerca de 35 produtores por edição

Centro Cultural Povos da Amazônia
(Bola da Suframa)
Dia: Sábado
Horário: Das 05h às 11h
Participam cerca de 70 produtores por edição

Comando Geral da Polícia Militar
(Rua Benjamim Constant, Petrópolis)
Dia: Sábado
Horário: Das 05h às 11h
Participam cerca de 30 produtores por edição

Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola
(Rua Gandú, 119,Cidade Nova)
Dia: Sábado
Horário: Das 05h às 11h
Participam cerca de 60 produtores por edição

Ponta Negra
(Complexo Turístico Praia da Ponta Negra)
Dia: Domingo
Horário: Das 06h às 12h

No interior:

Barreirinha: Quadra Carlos Dias, Avenida Travessa Laureano Tavares, bairro Centro. – Sexta-feira, de 08h às 12h.

Careiro Castanho: Avenida Sargento Nonato Brito, BR-319. – Sexta-feira, de 08h às 12h.

Humaitá: avenida Transamazônica, N°1890, no bairro São Domingos Sávio. – Sábado, de 08h às 12h.

Iranduba Zona Urbana: Avenida Amazonas, no Centro. – Sexta-feira a sábado, de 08h às 12h.

Iranduba Janauari: Ramal do Janauari, Km10. – Sábado, domingo e feriados, de 08h às 12h.

Iranduba Caldeirão: Km13, AM-070, em frente ao cemitério Recanto da Paz. Sábado e domingo, de 08h às 12h.

Maués: Esquina da Miranda Leão, no Centro. Sexta-feira e sábado, de 08h às 12h.

Novo Airão: Rua Joséfa Savedra, s/n°, Nova Esperança. – Sábado, de 08h às 12h.

Parintins: Praça dos Bois. – Sexta-feira e sábado, de 08h às 12h.

Presidente Figueiredo: Rua Itaúba, s/n°, no bairro Morada do Sol. – Sábado, de 08h às 12h.

Rio Preto da Eva: AM-010, Km 78, logo após o Balneário da Ponte. – Sábado, de 08h às 12h.

São Gabriel da Cachoeira: Avenida 7 de Setembro, S/N, em frente à Prefeitura Municipal da cidade. – Sábado, de 08h às 20h.