‘Não queremos negociar nada’, diz Bolsonaro à simpatizantes aglomerados


Da Revista Cenarium

MANAUS – Em mais uma aglomeração, o presidente Jair Bolsonaro discursou para uma aglomeração de pessoas neste domingo, 19, durante um ato “Pró intervenção militar ” em Brasília.

Os manifestantes seguem contrariando as orientações de isolamento social da Organização Mundial da Saúde (OMS). As pessoas foram envoltas por um cordão humano de seguranças e militares da polícia do Exercito. E Durante o discurso, Bolsonaro levou a mão à boca e não utilizava máscara de proteção.

De cima da caminhonete, Bolsonaro disse não querer “negociar nada” e voltou a criticar o que chama de “velha política”. Os manifestantes gritavam “Fora, Maia”, “AI-5”, “Fecha o Congresso”, “Fecha o STF”, palavras de ordem ilegais, inconstitucionais e contrárias à democracia.

“Nós não queremos negociar nada. Nós queremos é ação pelo Brasil. O que tinha de velho ficou para trás. Nós temos um novo Brasil pela frente. Todos, sem exceção, têm que ser patriotas e acreditar e fazer a sua parte para que nós possamos colocar o Brasil no lugar de destaque que ele merece. Acabou a época da patifaria. É agora o povo no poder.”

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO