23 de janeiro de 2021

Com informações do G1

RIO DE JANEIRO – O estado do Rio atingiu a marca de 22.256 óbitos por coronavírus e de 343.995 casos confirmados da doença nesta quarta-feira, 25. Foram mais de 3 mil casos em 24 horas. Também nesta quarta, a capital estava sem leitos disponíveis de UTI no Sistema Único de Saúde (SUS) dedicados aos pacientes com coronavírus, como mostrou a GloboNews.

Já são cerca de 200 pessoas na fila de unidades de saúde tanto na capital, quanto na Baixada Fluminense.

De acordo com a reportagem, os pacientes da capital em estado grave esperam até 15 dias por uma transferência, sem o tratamento adequado. Outros que procuraram hospitais com sintomas foram informados de que só conseguiriam marcar o exame em meados de dezembro.

“Na Clínica da Família fui pra procurar o teste de Covid (…) e eles marcaram meu teste para o dia 21 de dezembro”, desabafou uma paciente.
Segundo o último levantamento da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) desta manhã, a ocupação de leitos de UTI estava em 93%, mas, na prática, não há mais vagas de UTI para pacientes de Covid-19 na rede SUS da capital.

Isso porque a fila de espera já era maior do que o número de vagas disponíveis nesta manhã: 86 pacientes precisavam de internação na UTI para Covid, enquanto havia 37 leitos disponíveis.

Aumento de mortes

Nesta quarta no estado, foram 115 mortes a mais em relação ao balanço da véspera, publicado pela Secretaria Estadual de Saúde. A média móvel de mortes é de 80, um crescimento de 132% se comparado a duas semanas. É o nono dia seguido de aumento na média móvel de mortes.

De terça para quarta, foram mais 3.162 casos confirmados. A média móvel de casos é de 1.657, o que representa uma variação de 36%. É o 11º dia de crescimento.

As taxas de mortes e de casos confirmados são semelhantes aos do mês de junho, que foi o auge da pandemia no Rio. Entretanto, naquele momento, a cidade contava com 4 hospitais de campanha. Três deles foram fechados recentemente — dois da iniciativa privada e um da rede estadual.

Atualmente, só um deles está aberto, o do Riocentro, da Prefeitura — que seria fechado em dezembro, por enquanto, vai continuar aberto.

Na terça, o governador em exercício, Cláudio Castro, descartou decretar lockdown e afirmou que vai fazer testagem em massa da população.

Números da Covid no RJ

22.256 óbitos
343.995 casos confirmados
mais 115 mortes e 1657 casos
315.467 pacientes recuperados

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.