Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
18 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Déborah Arruda e Victória Sales – Da Cenarium

MANAUS (AM) – Moradores e jogadores de basquete do bairro Parque 10 de Novembro, na zona Centro-Sul de Manaus, se uniram e arrecadaram recursos para realizar uma reforma na quadra de basquete do Centro Social Urbano (CSU) do bairro, nesta semana. Em tom de indignação, os atletas reclamam do descaso que a Prefeitura de Manaus tem tido com o local.

Segundo o atleta Renan Máximo, a quadra foi esquecida pela Prefeitura de Manaus há certo tempo e os próprios moradores decidiram se reunir para realizar a reforma da quadra de basquete, para que tivessem mais condições para praticar o esporte. “Se a gente quiser fazer uma reforma na nossa quadra, nós que temos que nos juntar, fazer vaquinha, pintar a quadra e arranjar tabela nova. Nos últimos dez anos, pelo menos, tem sido assim”, explicou.

Renan afirmou ainda que há cerca de dois anos, os atletas vêm sofrendo com outro problema que é a iluminação elétrica no local. “Temos tido outro problema aqui, a luz da quadra. Pelo CSU ter um sistema de fiação muito antigo, vários improvisos foram feitos ao longo dos anos pra arranjar energia para os festivais folclóricos e para a ‘praça de alimentação’ do centro, e com isso a luz da quadra de basquete tem sido afetada demais, nós passamos semanas, ou meses sem luz, jogando no escuro”, destacou.

Moradores e atletas durante reforma na quadra do CSU (Divulgação/Renan Máximo)

Retorno

Renan afirma que o time de basquete do CSU entrou em contato com a administração do local para saber quais medidas podiam ser feitas e como eles podiam ajudar os moradores e os atletas. “Nós entramos em contato com a administração do parque e eles nos informaram que quem toma conta do local é a Secretaria da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc)”, destacou.

Renan explicou ainda que os atletas precisavam arrecadar cerca de R$ 1.154 e essa quantia foi arrecadada em dois dias. “Pelo nosso grupo do WhatsApp, cada um mandou um Pix de quanto podia doar”, explicou. Renan afirmou ainda que, por conta de um apelo da população e dos atletas, a empresa City Luz deveria ir até o local neste sábado, 28, para consertar a fiação elétrica da quadra e trocar os refletores.

O atleta destacou que apesar da promessa, até o fechamento desta matéria, a empresa ainda não havia ido até o local para fazer os reparos. “Informaram que a empresa só vem no dia 15 de setembro e até lá a gente vai se virando como a gente consegue”, relatou.

Em resposta à equipe de reportagem da CENARIUM, o subsecretário da Subsecretaria Municipal de Juventude, Esporte e Lazer (Semjel), Platiny Soares, afirmou que existe um projeto para proporcionar melhorias de infraestrutura no CSU, mas não definiu datas ou quais serviços devem ser realizados. “Está na fase de finalização de projetos e a reforma total do CSU do Parque 10, Santo Antônio e Santa Etelvina é uma prioridade da gestão do prefeito de Manaus”, destacou.

Reforma da quadra de basquete do CSU (Divulgação/Renan Máximo)