Segunda temporada do programa ‘Cenarium Diversidade’ estreia nesta sexta-feira, 28

Priscilla Peixoto — Da Revista Cenarium

MANAUS — Estreia nesta sexta-feira, 28, às 19h, a segunda temporada do “CENARIUM DIVERSIDADE”. Em novo formato, o semanal comandado por Ráiner Figueiredo passa a se chamar “CENARIUM DIVERSIDADE EM PODCAST” e continua com a missão de trabalhar assuntos considerados tabus na sociedade e desmistificar preconceitos sobre eles de forma técnica, leve e didática, assuntos relacionados à igualdade de gênero, cultura, religião e beleza no contexto amazônico.

“A espera acabou e, finalmente, chegou o grande o dia. Estou ansioso e ao mesmo tempo muito feliz em participar deste projeto tão bonito e essencial. Para que juntos possamos ampliar nossos conhecimentos e reflexões. Por isso, estamos com uma série de bate-papos com pessoas superpreparadas. São muitas histórias e pontos de vista diferentes que vêm para somar”, comemora Ráiner Figueiredo.

Missão e participação

O programa “Diversidade” trouxe ao longo do ano de 2021 uma série de matérias que se destacaram nas mídias promovendo o respeito e a pluralidade. Com temas semanais e debatidos por um convidado especialista sobre o assunto da vez, diretamente dos estúdios da REVISTA CENARIUM. A segunda temporada continua com a mesma essência e pegada didática, além de possibilitar mais interatividade.

“Continuamos no ritmo de sempre, ouvindo pessoas, bons relatos, chamando atenção para o que for necessário e, ao longo do tempo, vamos aproximar ainda mais o público da gente. Serão o nosso termômetro com sugestões de pauta, interações nas redes sociais, até mesmo críticas. Cada programa um feedback, vamos manter sempre essa conexão”, conta Ráiner.

Bastidores do Programa Cenarium Diversidade (Reprodução/ Jhualsson Veiga)

Para o doutor em educação especializado em gênero e sexualidade no âmbito educacional Adan Silva, o programa CENARIUM DIVERSIDADE é uma das principais ferramentas locais utilizada para quebrar paradigmas e promover conhecimento.

“Eu tive a honra de participar do Diversidade e ao longo da minha vida, enquanto pesquisador e pessoa que atua nas causas LGBTQIA+, nas manifestações culturais e dedicado à educação, posso afirmar que a forma como abordam assuntos sérios, a didática usada pela CENARIUM, tem sido extremamente inteligente. Fico feliz que tenham outras inciativas assim”, celebra o doutor.

Sobre Ráiner Figueiredo

Formado em Fisioterapia na Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Ráiner Figueiredo possui 30 anos e nasceu no interior do Amazonas, no município de Coari, a 363 quilômetros de Manaus. Desde 2019, o profissional está no comando da maior policlínica do Estado, a Policlínica Codajás, localizada no bairro Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus.

Atualmente, carrega a responsabilidade de manter a referência no atendimento à população LGBTQIA+ por conta do laboratório transexualizador, onde mais de 300 pacientes trans cadastrados possuem acompanhamento com ginecologistas, endocrinologistas e toda uma equipe de suporte durante o período de uso de medicações como a hormonioterapia.

Além da responsabilidade frente à Policlínica Codajás, o fisioterapeuta leciona no Ensino Superior na Escola de Saúde do Centro Universitário do Norte (Uninorte Laureate) em cursos na área da saúde, estética e cosmetologia.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO