TCE-AM define relatores das contas de Wilson Lima e David Almeida para 2022

Com informações da assessoria

MANAUS – O Pleno do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) definiu os relatores das contas do governador Wilson Lima (PSC) e do prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), para o exercício de 2022. A decisão aconteceu durante a 1ª Sessão Ordinária do ano, realizada durante esta terça-feira, 18. 

As contas de 2022 do governador Wilson Lima ficarão sob responsabilidade de relatoria do conselheiro Mario de Mello. Conforme aprovado pela Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o governo do Estado terá um orçamento de R$ 24 bilhões para o exercício financeiro de 2022, um valor 27% maior que em 2021. 

Também para o mesmo exercício de 2022, o conselheiro Josué Cláudio relatará as contas do prefeito de Manaus, David Almeida. A Câmara Municipal de Manaus (CMM) aprovou um orçamento de R$ 7,1 bilhões para o exercício de 2022 da Prefeitura de Manaus, valor 28% maior que o ano passado.

Composição das câmaras e julgamentos

Ainda durante a Sessão Ordinária, o pleno definiu a composição da Primeira e Segunda Câmara da Corte de Contas. Sob presidência do conselheiro Julio Cabral, a Primeira Câmara do TCE-AM será composta pelos conselheiros Ari Moutinho Júnior e Yara Lins dos Santos, além dos auditores Alípio Reis Firmo Filho e Luiz Henrique Mendes.

Já a Segunda Câmara da Corte será presidida pelo conselheiro Júlio Pinheiro, com a composição dos conselheiros Mario de Mello e Josué Cláudio, além dos auditores Mário Filho e Alber Furtado.

Na reunião plenária foram julgadas, também, oito prestações de contas, seis recursos, cinco representações e dois embargos de declaração.

A sessão foi conduzida pelo presidente da Corte de Contas, conselheiro Érico Desterro. Participaram os conselheiros Júlio Pinheiro, Yara Lins dos Santos, Josué Cláudio, e os auditores Mário Filho e Luiz Henrique Mendes. O Ministério Público de Contas (MPC) foi representado pelo procurador-geral João Barroso.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO