2 de março de 2021

Com informações da assessoria

MANAUS – O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), anunciou a abertura de mais 30 Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) no Hospital Delphina Aziz, referência para o tratamento de pacientes com Covid-19. O anúncio ocorreu durante transmissão ao vivo nesta sexta-feira, 19, exibida pelas redes sociais oficiais do Governo do Amazonas. Wilson Lima ressaltou a ampliação da rede hospitalar exclusiva para o atendimento de pessoas acometidas pelo novo coronavírus.

“Com esse nosso Plano de Contingência nós saímos, no mês de outubro, de 457 leitos para 1.435, e todos esses exclusivos para a Covid. Nós aumentamos, só de leitos clínicos são 1.039, e 396 leitos de UTI. E, na semana que vem, vamos abrir mais 30 leitos de UTI no Hospital Delphina Aziz, na zona norte”, anunciou o governador.

O titular da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), Marcellus Campêlo, detalhou a ampliação de leitos da rede de assistência.

“Nós saímos, no momento em que nós estabelecemos no nosso Plano de Contingência, de 312 leitos iniciais para, na fase atual, 1.039 leitos clínicos, mostrando o crescimento da nossa rede de atendimento para o combate à Covid-19. E, nos leitos de UTI, nós saímos de 130 em toda a rede para combate à Covid-19 e teremos, a partir da semana que vem, mais 30 leitos no Delphina Aziz, o que vai perfazer 426 leitos de UTI em toda a nossa rede, para o atendimento a pacientes com Covid-19”, observou Campêlo.

Transferências 

O aumento na oferta de leitos, com a abertura de mais de 200 leitos clínicos e de UTI nas últimas semanas, teve impacto na redução da taxa de ocupação de leitos clínicos, que está em 74%. O aumento na oferta de leitos está associado à estabilidade na oferta de oxigênio.

Com mais leitos na rede pública local, as remoções interestaduais reduziram, e a estratégia de transferência de pacientes, por via aérea, montada pelos governos estadual e federal, agora está sendo feita do interior para Manaus.

Na última quarta-feira, 17, mais nove pacientes com Covid-19 foram transferidos do município de Parintins (distante 369 quilômetros da capital) para Manaus, onde darão continuidade ao tratamento contra o coronavírus. No sábado, 13, também foram transferidas 13 pessoas do município para o Hospital Delphina Aziz, na capital. Desde o último sábado, 47 pacientes com Covid-19 foram transferidos do interior para Manaus de avião da Força Aérea.