Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
10 de maio de 2021

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC
Acompanhe nossas redes sociais

Gabriel Abreu – Da Revista Cenarium

MANAUS – Uma equipe de reportagem do Grupo Diário de Comunicação (GDC) sofreu um assalto na manhã desta quinta-feira, 15, no bairro Coroado, zona Leste de Manaus. A equipe perseguiu a dupla de ladrões que a assaltou e, durante uma briga corporal, um dos suspeitos atirou contra o cinegrafista Renê Silva, 45 anos, atingido com dois tiros, um no tórax e outro na mão.

Segundo a jornalista Natasha Pinto, que acompanhava o cinegrafista, tudo aconteceu muito rápido. Quando eles gravavam uma matéria no bairro Coroado sobre um caso de tentativa de homicídio, a dupla de assaltantes abordou a equipe, levando dois aparelhos celulares.

“Para minha surpresa, quando olhei para cima, vi um homem de camisa longa azul e calça jeans apontando já uma pistola para minha cabeça, para meu rosto. Ele dizia, perdeu, perdeu, passa, passa e olhei que o dedo dele estava no gatilho, quando eu falei calma, calma e passei o celular para ele. Foi quando ele foi para cima do meu cinegrafista. O condutor da moto, que era o comparsa ainda falou que a gente era da televisão, talvez para ele tentar desistir do assalto, mas ele acabou não ouvindo”, relatou a jornalista, sobre o momento assalto.

Cinegrafista do Grupo Diário de Comunicação está em observação no Hospital João Lúcio, segundo familiares (Arquivo Pessoal)

Em um outro momento, a equipe de reportagem avistou a dupla que cometeu o assalto, na avenida Cosme Ferreira, próximo ao Clube do Trabalhador, o Sesi, na mesma zona. Natasha informou que tentou anotar a placa da moto, mas Renê avançou o carro com a intenção de derrubar os suspeitos da motocicleta.

“A gente foi tentar anotar a placa da moto, mas acabou acontecendo um acidente. Nisso o meu cinegrafista acabou levando dois tiros, um no tórax e outro na mão. Como eu não sei dirigir, apareceu um motorista que passava pela via e ajudou a levar o cinegrafista até o Hospital João Lúcio”, disse a repórter.

Em nota, o Grupo Diário de Comunicação (GDC) informou que o cinegrafista Rene Silva, ferido a tiros durante um assalto na manhã desta quinta-feira, 15, encontra-se hospitalizado no Hospital João Lúcio, zona Leste. Ele passou por cirurgia e o quadro dele é estável. O Grupo Diário está prestando toda a assistência à equipe de reportagem.

Investigação

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que as equipes do 11º Distrito Integrado de Polícia (DIP) e da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos (Derfd) estão nas ruas, neste momento, acompanhados de uma das vítimas do assalto ocorrido nesta manhã, a fim localizar os dois homens que cometeram o delito. Além das equipes da Polícia Civil, guarnições da 11ª Companhia Interativa de Polícia (Cicom) também estão fazendo buscas pela área no intuito de localizar os suspeitos e realizar o flagrante.

A nota informa, ainda, que as equipes policiais conversaram com as duas vítimas, inclusive a que está hospitalizada, para colher informações sobre as características dos infratores. O crime aconteceu por volta das 6h40 na rua São Francisco, bairro Coroado, na zona Leste da capital.

Posicionamentos

A REVISTA CENARIUM, assim como outros veículos de comunicação do Amazonas, tem o compromisso de informar todos os dias os fatos que acontecem em Manaus para a população. A CENARIUM oferece sua solidariedade à equipe de comunicação, repudiando todo e qualquer ato de violência que atrapalhe o exercício da profissão.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Amazonas (SJP/AM) presta total solidariedade à equipe do Grupo Diário e informou que cobrará providências aos órgãos de segurança do Amazonas.