‘Mega operação’ da PF contra pornografia infantil cumpre mandados de prisão em Manaus

Bruno Pacheco – Da Revista Cenarium*

MANAUS – Duas pessoas foram presas na manhã desta terça-feira, 28, em Manaus, durante a operação ‘Dark Storage’, deflagrada pela Polícia Federal do Amazonas (PF-AM), no combate ao compartilhamento e a posse de material audiovisual contendo pornografia infantil na internet.

De acordo com a PF, os suspeitos foram presos em ‘flagrante delito’ pelo crime de posse de material infantil pornográfico, previsto no art. 241-B, do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Também foram cumpridos, em cinco endereços na capital amazonense, mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal.

No total, 45 policiais federais participaram da operação, cujo nome remete à guarda e ao depósito de material de conteúdo infantil pornográfico, obtido por meio de downloads realizados na internet, principalmente em sites da Dark Web.

Conforme o órgão, a ação inaugura a etapa ostensiva de inquéritos policiais instaurados na Superintendência da PF no Amazonas para esclarecer sobre possíveis participações de indivíduos residentes em Manaus, mas não relacionados diretamente entre si, com a prática de disseminação transnacional de pornografia infantil, por meio de redes sociais, contas de e-mail e aplicativos de mensagens e vídeos

Os investigados responderão, na medida de suas participações, pelos crimes de posse, compartilhamento de arquivos de pornografia infantil, com penas previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e no Código Penal Brasileiro (CPB) que variam de 1 a 6 anos de reclusão.

(*) Com informações da assessoria da PF

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO