‘Espero que ele pague pelo que fez’, diz mãe de suspeito de matar Miss no Amazonas

Luís Henrique Oliveira – Da Revista Cenarium

MANAUS – Mesmo sem acreditar que o filho possa ter cometido o assassinato da Miss Manicoré, Kimberly Karen Mota de Oliveira, a mãe de Rafael Fernandes, ex-namorado da vítima e principal suspeito do crime, disse que esperar que o filho pague pelo que cometeu, caso a autoria seja comprovada pela polícia.

As declarações da mãe do principal suspeito, Fatima Fernandez, foram feitas durante uma entrevista a um programa de televisão. “Eu não acredito que ele tenha cometido esse crime. Eu não acredito que ele tenha acabado com a vida dele e com a minha vida. Ele foi sequestrado, tenho certeza, porque queriam roubar o carro dele e o dinheiro dele. Agora se ele fez isso, eu quero que pague”, disse a mulher.

Ainda durante a entrevista, Fatima revelou que o filho era exemplar. “Ele não bebia, não fumava, não usava droga. Um menino bom. Falei para ele: ‘vem embora pra cá’ e ele disse: ‘não, mãe, eu gosto daqui’. E essa pobreza, Manaus é pobre e ele ainda compra uma Audi? Ele foi sequestrado, eu tenho certeza”, disse a mulher.

A Polícia Civil do Amazonas informou, no fim da tarde desta terça-feira, 12, que o principal suspeito do assassinato teve o mandado de prisão temporária decretado.

De acordo com a polícia, Rafael Fernandes é advogado e natural de São Bernardo do Campo (SP). Ele estaria morando em um apartamento apartamento onde a Miss foi encontrada morta e a motivação do crime teria sido o término do relacionamento entre os dois, que durou apenas três meses.

O crime

Na noite de domingo, 10, segundo a polícia, Rafael teria ia buscar a namorada no apartamento em que ela morava, localizada na Avenida Constantino Nery, e desde então, os familiares não tiveram mais notícias de Kimberly.

Kimberly foi encontrada morta no apartamento do namorado na madrugada desta terça-feira, 12. (reprodução/internet)

“Na noite da segunda-feira, 11, uma amiga que dividia apartamento com a Kimberly, deu falta e falou sobre o desaparecimento a um tio da Miss. Foi quando começaram a procurá-la e a encontraram no apartamento do suposto autor”, delegada adjunta da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), Zandra Ribeiro.

Ainda de acordo com a polícia, a jovem foi morta com três facadas. A arma do crime foi encontrada na varanda do apartamento de Rafael, localizado na Avenida Joaquim Nabuco, no Centro.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO