Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
25 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Com informações do Infoglobo

HOLANDA – As autoridades de saúde holandesas disseram neste sábado que a contagem final de passageiros em dois voos da África do Sul na semana passada com teste positivo para a variante do coronavírus Ômicron foi de 18. Mais de 600 pessoas foram testadas e 61 tinham a Covid-19.

O Instituto de Saúde da Holanda (RIVM) acrescentou em um comunicado que a investigação sobre os passageiros dos dois voos foi encerrada. Os aviões já haviam decolado em 26 de novembro, quando o governo holandês introduziu novas restrições de viagem devido a preocupações com a recém-detectada variante do Ômicron. As informações são da Reuters.

O porta-voz da OMS, Christian Lindmeier, disse em uma entrevista coletiva em Genebra que não há relatos de mortes associadas à nova variante.

A OMS recomendou nessa sexta-feira os países a aumentarem a capacidade de saúde e vacinarem sua população para combater o aumento de casos de Covid-19 provocados pela nova variante, dizendo que as restrições às viagens podem os ajudar a “ganhar tempo”, mas por si só não é a resposta contra a variante.

No entanto, quase 30 países já identificaram a Ômicron em seu território, inclusive o Brasil, que tem cinco casos confirmados. Além dos casos associadas a viagens para o sul da África, há também infecções de transmissão local, como na Austrália.