Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
25 de junho de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Victória Sales – Da Revista Cenarium

MANAUS – O programa da TV Cultura do Brasil, “Linhas Cruzadas”, desta quinta-feira, 25, comandado pela jornalista Thaís Oyama e pelo filósofo Luiz Felipe Pondé, vai trazer ao ar a discussão da relação entre linguagem e identidade, às 22h.

Segundo a apresentadora e jornalista, Thaís, o programa irá ressaltar a adoção do gênero neutro como: “Amigues”, “Querides”, “Linde”. Já o filósofo Luiz Felipe afirma que toda essa verborragia sobre identidades sexuais, na verdade, esconde um enorme sintoma histérico, que é a negação do sexo.

“Não é à toa que você quer criar uma língua que não tem diferença sexual, devido ao ódio da diferença sexual, ódio no sentido psicanalítico freudiano. É claro que você deve, por exemplo, ensinar crianças que as pessoas podem ser e viver do jeito que elas querem, eu acho que essa discussão da linguagem é que é um surto”, afirmou Pondé.

Programa

O programa “Linhas Cruzadas” tem como objetivo trazer análises aprofundadas dos fatos do noticiário atual. O programa é exibido todas as quintas-feiras e faz parte da nova faixa de jornalismo da emissora, e é exibido logo após o “Jornal da Cultura”.

Programa “Linhas Cruzadas” é exibido na TV Cultura, às 22h. (Reprodução/Internet)