Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
16 de setembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml
Linda Almeida – Da Cenarium

MANAUS – O governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), lançou um novo programa de incentivo ao setor primário na manhã desta quarta-feira, 28, na comunidade Novo Paraíso, no quilômetro 8 da BR-174. O Plano Verão, lançado no Dia do Agricultor, terá um investimento de mais de R$ 34 milhões destinado a agricultores familiares e produtores rurais para o desenvolvimento técnico e estrutural do setor.

Sob a coordenação da Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), o plano terá o apoio dos escritórios locais do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam). Eles serão responsáveis por facilitar o acesso a programas já existentes, como a Correção de Solos (Procalcário); de Mecanização Agrícola (Promecanização); de Intervenção em Áreas Intrafegáveis (SOS Vicinais) e o acesso a tecnologias em atividades prioritárias pela Assistência Técnica Rural (Ater).

Na ocasião, o governador ressaltou que o setor primário, assim como os trabalhadores, é prioridade de gestão, já que, de acordo com ele “nenhum governador olhou tanto para o agricultor familiar e o produtor rural como Wilson Lima”, classificou o chefe do Executivo Estadual. A frase também é reforçada entre os próprios moradores dos ramais.

O presidente da Comunidade Novo Paraíso, José Aildo, conta que finalmente se sentiu sendo ouvido. “Hoje as coisas estão mudando, se você viesse aqui anos atrás, não ia encontrar o ramal assim, bem cuidado. O governador fez o que ninguém havia feito por nós antes, nunca”, afirmou. O chefe da comunidade também comemorou o investimento, após um período conturbado devido à pandemia e às restrições estaduais.

Discurso do governador Wilson Lima aos moradores da comunidade Novo Paraíso (Linda Almeida/Cenarium)

Recapeamento das vias

Além do acesso aos programas, parte do Plano Verão também destina recursos para a recuperação e até mesmo o asfaltamento completo das ruas. A área de difícil acesso tem reclamações de alagamentos e trechos interditados, devido à falta de estrutura. Segundo os produtores da área, este cenário é comum em ramais como o da comunidade Novo Paraíso e afetam o escoamento de mercadorias para Manaus.

“Nós tínhamos uma grande dificuldade, onde estragava os nossos veículos, onde às vezes a produção estragava por falta de transporte para entregar a tempo ou quando chovia muito e não tínhamos como ir para cidade”, afirma o também produtor, Vanderlei Barboza. No entanto, após o início dos trabalhos, ele vê uma fagulha de esperança. “É quase um privilégio receber esse serviço, o governador Wilson Lima sabe o que as famílias precisam, por isso, esse investimento é um grande acerto”, conclui.

Dos R$ 34 milhões investidos no Plano Verão, R$ 20 milhões são para realização de serviços de terraplanagem, limpeza nas laterais, remoção de material imprestável, escavação e carga de material, compactação de aterro, regularização do subleito, sub-base e base.

Dignidade latifundiária

Na ocasião, o governador confirmou aos moradores da comunidade que no futuro vai distribuir títulos definitivos de terra a todos os residentes do ramal. A afirmativa, que foi celebrada pelas famílias, ainda passa por um processo de tratativas iniciais. A área é na ramal no quilômetro 8 da BR-174 é extenso e precisa ser dividido.

“Aqui tem grandes propriedades que não são de agricultores, então estamos priorizando as áreas que são de agricultores para que até no final do ano entreguemos esses títulos”, concluiu Wilson Lima.

No momento, essas tratativas incluem um mapeamento completo da área e identificação das propriedades. Da mesma forma, outros trechos de Manaus também passam pelo mesmo processo e, em agosto, títulos definitivos de comunidades populosas da capital serão entregues para os moradores.