23 de janeiro de 2021

Com informações do UOL

O Ministério da Justiça exonerou nessa sexta-feira, 27, o missionário Ricardo Lopes Dias do cargo de Coordenador de índios isolados da Funai (Fundação Nacional do Índio). A decisão foi publicada no Diário Oficial.

Desde que foi indicado, Dias esteve envolto em polêmicas. Ele é formado em teologia e diz ter atuado por mais de uma década como missionário na MNTB (Missão Novas Tribos do Brasil), organização conhecida por tentar evangelizar entidades indígenas que escolheram viver em isolamento. Por causa desse passado, Dias só assumiu o cargo 4 meses depois da indicação, após decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça).

Marcelo Fernando Batista Torres, servidor alocado na Funai do Acre, será o substituto de Ricardo Lopes Dias. Antes ele atuava como chefe da Frente de Proteção Etnoambiental Envira.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.