AM vai discutir protocolos de prevenção à Covid-19, caso seja notificado pela CBF sobre a Copa América

Com informações da Assessoria e da CNN Brasil

MANAUS – A Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar) informou, por meio de nota, nesta segunda-feira, 31, que, até o presente momento, não foi noticiada formalmente sobre a possibilidade da Arena da Amazônia sediar jogos da Copa América 2021. Caso seja notificada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a Faar disse que irá discutir os protocolos de prevenção à Covid-19 que serão adotados para atender, da forma mais segura possível, os jogos sul-americanos.

Com os protocolos definidos, em comum acordo com o Comitê Estadual de Enfrentamento da Covid-19, os jogos deverão ser realizados com toda a expertise do Amazonas obtida ao sediar grandes eventos esportivos, como a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016. A presença de público também será discutida e dependerá dos indicadores da pandemia de Covid-19 no Estado.

Nesta segunda-feira, 31, a Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) confirmou o Brasil como sede da Copa América 2021. O torneio deve começar no próximo dia 13 e terminar em 10 de julho. O País foi escolhido no lugar da Argentina e da Colômbia.

O torneio deve começar no próximo dia 13 e terminar em 10 de julho. O País foi escolhido no lugar da Argentina e da Colômbia. As datas de início e final do torneio já estão confirmadas, segundo a entidade máxima do futebol sul-americano. As sedes das partidas e a tabela deverão ser informadas pela Conmebol nas próximas horas, de acordo com a publicação da confederação nas redes sociais.

A Copa América foi cancelada na Colômbia por causa de protestos e, na Argentina, por causa da pandemia. Mais cedo, o ministro Luiz Eduardo Ramos, da Casa Civil, havia se reunido com os organizadores do evento para avaliar a possibilidade de o Brasil sediar a Copa América no mês de junho – o que se confirmou poucas horas depois.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO