Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
28 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Gabriel Abreu – Da Revista Cenarium*

MANAUS – O Amapá, o Pará e o Amazonas são os que mais aplicaram a segunda dose de vacinas contra a Covid-19 na Amazônia, segundo levantamento feito pela CENARIUM nesta quarta-feira, 14, com base nos números divulgados pelas Secretarias Estaduais de Saúde. Para completar o ciclo de imunização, é necessário que a população seja imunizada com as duas doses, nos casos de aplicação dupla.

(Catarine Hak/Revista Cenarium)

Neste levantamento, os dados do Amazonas são referentes ao dia 10 de julho já que o sistema da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) – utilizado para atualização do consolidado diário de vacinação contra Covid-19 no Estado – apresenta instabilidade no sistema há quatro dias.

O Amapá já aplicou a segunda dose em mais de 164.055 pessoas, o equivalente a 19% da população do Estado. Em seguida está o Pará com 1.322.022 que concluíram o ciclo vacinal, proporcional a 15,2%. Em terceiro está o Amazonas com 13,4% de habitantes imunizados, 565.393 de pessoas.

A população da Amazônia é de mais de 29 milhões pessoas. Os Estados já aplicaram a segunda dose em 3.769.565 de habitantes, cerca de 11% da população. O epidemiologista da Fiocruz/Amazônia, Jesem Orellana, alertou que mesmo com a intensificação da vacinação, medidas restritivas contra a doença precisam continuar para que não haja uma nova “onda” da doença na Amazônia.

“Os números de mortes começam a cair quando combinamos expressiva vacinação em massa com outras medidas não farmacológicas, como uso contínuo de máscaras, higienização das mãos e distanciamento físico mínimo de 1,5 metro, por exemplo”, alertou Jesem.

Governo do Amapá oferta vacina contra a covid-19 para grávidas e puérperas com comorbidades (Erich Macias/Secom)

Primeira dose

Quando é levada em consideração somente a aplicação da primeira dose da vacina, os nove Estados da Amazônia estão com 30% da população imunizada com uma dose da vacina. O Amazonas lidera a aplicação com 38,9% da população imunizada, 1.637.768 de habitantes. A capital Manaus já imuniza a população acima dos 20 anos.

(Catarine Hak/Revista Cenarium)

Em segundo lugar no ranking está o Acre com 35,4%, 317.349 da população vacinada com a primeira dose. Em terceiro está o Maranhão com 34,9%, com 2.486.984 dos habitantes imunizados também com a primeira dose.

Em seguida está o Pará com 1.322.022 que concluíram o ciclo vacinal, proporcional a 15,2%. (Alex Ribeiro/Agência Pará)

Vacinação Suspensa

Três capitais da Amazônia suspenderam a aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19, são elas: Manaus, Belém e Rio Branco. As prefeituras destas cidades aguardam o repasse de novas remessas das fornecedoras de vacinas.

No Brasil, atualmente estão sendo usadas vacina de quatro empresas: Janssen – como dose única, a Pfizer, AstraZeneca e CoronaVac, com duas doses. Dentre elas, o intervalo menor é o da CoronaVac, imunizante fabricado pelo Instituto Butantan, em parceria com o laboratório chinês Sinovac, de apenas 28 dias.

A vacinação do Amazonas também feita no modelo fluvi-thru (Diego Perez/Secom)

(*) Colaboraram com matéria os jornalistas Danilo Alves e Iury Lima