Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
17 de novembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Da Revista Cenarium*

MANAUS – Nesta quarta, 21, o presidente disse que não permite a compra de 46 milhões de doses da CoronaVac anunciada no dia anterior pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello. Bolsonaro afirmou que só compraria medicamentos com eficácia “comprovada cientificamente pelo Ministério da Saúde e certificada pela Anvisa”.

Por meio do twitter, o presidente escreveu: “O povo brasileiro não será cobaia de ninguém. Não se justifica um bilionário aporte financeiro num medicamento que sequer ultrapassou sua fase de testagem”.

Por outro lado, o atual presidente revoltou os internautas, que ‘lamentaram’ o episódio da facada, ocorrido em 6 de setembro de 2018, não ter dado certo.

https://twitter.com/sunllysa/status/1318924796755906561

O presidente Jair Bolsonaro sofreu um atentado durante um comício que promovia sua campanha eleitoral para a Presidência do Brasil. Enquanto era carregado em meio a uma multidão de apoiadores, Bolsonaro sofreu um golpe de faca na região do abdômen desferido por Adélio Bispo de Oliveira.

(*) Gisele Coutinho, sob supervisão de Naferson Cruz