8 de março de 2021

Com informações da Folha de S. Paulo

SÃO PAULO – O Brasil registrou neste domingo, 14, a maior média móvel de mortes por Covid-19 de toda a pandemia do novo coronavírus: foram 1.105 mortes por dia na última semana.

Até então, a maior média era de 1.097 mortes, registrada em 25 de julho de 2020, no auge da primeira onda da doença no país. A média móvel é calculada somando o resultado dos últimos sete dias, dividindo por sete. O recurso estatístico busca dar uma visão melhor da evolução do vírus, pois atenua números isolados que fujam do padrão.

Nos últimos dias, porém, os registros foram ainda mais altos, já que nos finais de semana e nas segundas-feiras é comum que os números sejam mais baixo devido aos plantões nas pastas estaduais. Na quinta-feira, 11, por exemplo, 1.452 pessoas morreram em um único dia, o que mostra que a pandemia está em ritmo acelerado.

Vacinômetro

Os dados mostram que 5,07 milhões de pessoas já receberam a primeira dose da vacina contra a Covid no Brasil, ou 2,4% da população adulta, e 214,9 mil, a segunda.

Covid-19 no Amazonas

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM) informou, neste domingo, 14, que 632 novos casos de Covid-19 foram diagnosticados no Estado, totalizando 294.954 casos da doença. Foram confirmados 53 óbitos por Covid-19, elevando para 9.872 o total de mortes.

A FVS-AM informou ainda que 202.771 doses foram aplicadas em todo o Estado até o domingo, sendo 196.332 de primeira dose e 6.439 de segunda dose.