8 de março de 2021

Ana Pastana e Jennifer Silva – Da Revista Cenarium

MANAUS – Está sob investigação da Fundação de Vigilância Sanitária do Amazonas (FVS-AM) a morte de um idoso após receber a vacina da AstraZeneca contra a Covid-19, na última sexta-feira, 29. Um filho da vítima afirmou à REVISTA CENARIUM que o idoso, de 83 anos, estava bem de saúde e não possuía sintomas do novo coronavírus, assim como nenhum dos demais familiares que conviviam com o senhor.

O falecimento da vítima foi repassado nesse sábado, 30, para FVS-AM pela prefeitura de Manaus. A prefeitura tratou o caso como “ocorrência de evento adverso grave pós-vacinação contra a Covid-19”, mas ainda será investigado pelas autoridades de saúde.

A notificação foi feita pelo Departamento de Vigilância Ambiental e Epidemiológica da Semsa (Secretaria Municipal de Saúde) e na manhã deste sábado ao Centro de Referência de Imunobiológicos Especiais (Crie), órgão vinculado à FVS-AM.

À REVISTA CENARIUM, o filho da vítima afirmou que a morte do idoso ocorreu menos de 24 horas após a vacinação. “Ele estava bem de saúde, corria e cantava bem alto. Inclusive, tem uma foto dele bem, indo se vacinar. Após a vacina, assim que chegou em casa começou a passar mal, garganta fechou. Ele se queixou que estava se sentido mal e faleceu deitado”, disse o filho, ao ressaltar que aguarda o resultado de exames feitos pela Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD).