Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
23 de abril de 2021

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC
Acompanhe nossas redes sociais

Jennifer Silva – Da Revista Cenarium

MANAUS – O último sabatinado da REVISTA CENARIUM, nesta quinta-feira, 4, o candidato a reitor da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) para o quadriênio 2021-2024, Marco Mendonça, levantou bandeira em favor das mulheres e afirmou que elas terão papel fundamental em sua gestão. A composição da bancada da Sabatina Técnica da CENARIUM foi formada por especialistas em Administração, Direito, Economia e Meio Ambiente.

“O papel da mulher é extremamente significativo na minha gestão, se não posso dizer, fundamental. Mais do que isso, eu tenho uma experiência no desenvolvimento de atividades, onde eu constatei a capacidade e a competência que a mulher tem nos processos. É impressionante o quanto elas são organizadas e produtivas. São inteligentes, comprometidas, então mulher tem um papel fundamental”, afirmou o candidato.

Segundo Marco, há em seu plano de candidatura à reitoria a importância da participação efetiva das mulheres nos processos de gestão. “Para que isso seja ressaltado, até a próxima segunda-feira, Dia das Mulheres, eu convido a todos para fazer a live ‘Elas Querem Mudança’, para que mais uma vez possamos escutá-las e refletir sobre todo o potencial de interação das mulheres, principalmente na Ufam. Falo com propriedade porque trabalhei por muitos anos com uma reitora extremamente competente, capaz, inteligente. Tenho ações muito próximas com uma ex-candidata também, que não chegou a ser reitora, mas é extremamente competente, a professora Márcia Queiroz”, esclareceu Marco.

Marco Mendonça atualmente é diretor da Faculdade de Ciências Agrárias – FCA (da esquerda para a direita: Helso Ribeiro, Paula Litaiff, Afonso Lins, Daniel Viegas) (Reprodução/ Ricardo Oliveira)

Questionado pela entrevistadora da sabatina, a jornalista da REVISTA CENARIUM, Andréa Vieira, por quais motivos a comunidade acadêmica deve escolher sua chapa nos próximos dias 10 e 11, Marco Mendonça afirmou que sua propositura trará mudanças para a Ufam.

“Nós precisamos definitivamente de mudança. Então a universidade não pode parar. Ela necessita dessas mudanças, porque só com essas mudanças, quebra de paradigmas, com essa intenção real de que a gente possa ser para a universidade sempre mais: mais eficiente, mais democrática, mais humana, mais comprometida com os anseios da sociedade. Somente dessa forma que a gente pode de fato levar a universidade como protagonista do Estado, tanto de ensino como de pesquisa, extensão e principalmente nas políticas públicas relacionadas ao desenvolvimento regional da nossa região”, finalizou.

Perfil

Marco Antônio Mendonça possui graduação em Agronomia pela Ufam, mestrado em Ciências de Florestas Tropicais pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) e doutorado em Agronomia Tropical também pela Ufam.

Atualmente é diretor da Faculdade de Ciências Agrárias – FCA e professor associado da Universidade onde ministra as disciplinas Topografia e Topografia Agrícola na modalidade presencial e Topografia Básica na modalidade a distância.

É pesquisador colaborador do Inpa e tem experiência na área de Ciências Agrárias com ênfase em Organização Social Para a Produção, atuando principalmente nos seguintes temas: agricultura familiar, sistemas de produção, educação popular, energização rural e conservação e manejo dos recursos naturais.

Marco Mendonça concorre como postulante à reitoria da Ufam na Chapa 21 UFAM+, ao lado do professor Raimundo Ribeiro Passos.