Coiab e Ipam divulgam, nesta segunda-feira, 22, novo estudo sobre como a pandemia de Covid-19 afeta os povos indígenas na Amazônia

Luciana Bezerra – Da Revista Cenarium

MANAUS – O resultado da pesquisa, será divulgado, nesta segunda-feira, 22, às 16h, com transmissão ao vivo pelo Facebook da @coibamazônia (facebook.com/coiabamazoniaoficial) e retransmissão na página do facebook.com/IPAM/amazonia

As informações foram divulgadas neste domingo, 21, nas redes sociais da Coordenação das Organizações Indígenas da Amazônia Brasileira (Coiab) e do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam).

Balanço da Covid-19 entre os povos indígenas 

De acordo com dados divulgados pela Coiab, no dia 10 de junho e publicado no jornal O Globo, no dia seguinte, foram registrados 228 óbitos em decorrência da contaminação do novo Coronavírus em território indígena na amazônia legal brasileira.

Balanço diferente, segundo dados coletados no mesmo dia pela Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) do Ministério da Saúde, que apontavam para 73 óbitos, 1.716 casos confirmados e 254 casos suspeitos na Amazônia brasileira. Um número até três vezes menor que os de levantamento independente de outras entidades indígenas, como o da Coiab, que considera casos não computados na base do Ministério da Saúde.

(*) Com informações das redes sociais do Ipam e Coiab

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO