Comandante da PM desmente deputado que usou fake news sobre fim das Cicoms

Victória Sales – Da Revista Cenarium

MANAUS – O deputado estadual Dermilson Chagas (Podemos) usou as redes sociais para atacar o governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), afirmando que o representante estadual estaria agindo “de forma irracional ao acabar com as Companhias Interativas Comunitárias (Cicoms)”. Na publicação, o deputado utiliza o vídeo de um assalto a uma unidade de saúde em Manaus. A afirmação foi desmentida pelo comandante da Polícia Militar (PM), coronel Vinícius Almeida.

O vídeo – publicado neste sábado, 22, pelo deputado – mostra o momento em que pacientes estão à espera de atendimento quando um suspeito chega armado tentando levar os pertences das vítimas. De acordo com Dermilson, o Estado está “à mercê da criminalidade”. “Sem projetos e nem programas para reprimir, de forma inteligente, o crime, o governador Wilson Lima, de forma irracional, resolve acabar com as Companhias Interativas Comunitárias (Cicoms), deixando grande parte dos bairros, ruas e vielas livres para as ações criminosas”, relatou.

Logo em seguida, o deputado foi surpreendido por seus próprios seguidores, os quais relatam que a informação se tratava de uma fake news. “Deputado, isso trata-se de uma fake news! O próprio comandante já falou, em uma postagem no Instagram, que se trata de uma fake news”, relatou um seguidor. “O Comandante Geral da PM, em vídeo institucional, explicou o que de fato está acontecendo com relação às Cicoms. O vídeo foi publicado no Instagram oficial da corporação há poucos dias”, comentou outro seguidor.

Como resposta, o comandante-geral da Polícia Militar do Amazonas (PMAM), coronel Vinicius Almeida, afirma que o deputado precisa ser assessorado melhor. “Deputado, creio que sua assessoria deveria ter lhe auxiliado melhor nesse tema, pois, no dia 11 de janeiro, eu, coronel Vinícius, comandante-geral da Polícia Militar do Amazonas, já havia revelado essa fake news”, relata.

No vídeo, o comandante explica que não vai acabar com as Cicoms. “O que está sendo feito é um estudo, pela Polícia Militar, de viabilidade de área, ou seja, ajustar áreas operacionais para melhor atender a população. É inadmissível, em determinadas áreas, a pessoa, ao atravessar a rua onde a delegacia está logo à frente, tenha a seguinte resposta: ‘Infelizmente não posso lhe atender, pois aqui não é nossa área operacional’. Então, nós estamos fazendo um estudo, e ele para ser efetivado, antes será levado para reuniões com a comunidade”, esclareceu.

(Reprodução/ Instagram)

Cicoms

As Companhias Interativas Comunitárias (Cicoms) da Polícia Militar estão divididas entre as seis zonas da capital e possuem números de telefone para contato direto da população. Além do 181, o disque-denúncia da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM); esses telefones podem ser usados para repassar informações aos policiais. As unidades contam com policiais dotados de veículos, armamento e equipamentos necessários para o patrulhamento de áreas.

*Ps. Matéria atualizada em 23 de janeiro, às 16h, com a retirada da palavra “antigo” do primeiro parágrafo.

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO