Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
27 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Victória Sales – Da Revista Cenarium

MANAUS — O Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) realizou o primeiro regaste do ano, nessa segunda-feira, 3. A ajuda foi realizada no bairro Tarumã, zona Oeste de Manaus, após solicitação feita por uma moradora ao órgão de resgate. Duas preguiças-bentinho fêmeas adultas foram encontradas no quintal da casa da mulher, nas primeiras horas do dia.

Já pela parte da tarde, a equipe da Gerência de Fauna (GFAU) do Ipaam foi acionada novamente para o mesmo local, onde a moradora constatava que havia outra preguiça-bentinho no mesmo lugar. Os dois animais foram resgatados com vida e com o auxílio de materiais específicos para essa captura e levadas para soltura em um local adequado.

Soltura do animal em um local adequado (Divulgação/Ipaam)

O gerente de Fauna do Ipaam, Marcelo Garcia, pede que os moradores que possuem habitações próximas a áreas protegidas ou de vegetação amazônica devem ficar atentos aos seus imóveis e, em caso da presença de animais silvestres em área urbana ou residencial, devem contatar a equipe de resgate do órgão para as devidas orientações e medidas.

“Na ocorrência de surpresas como essas, com animais silvestres e vertebrados fora do habitat natural, a orientação é que o cidadão entre em contato imediatamente com o Ipaam, por meio dos canais diretos da GFAU, e solicite o resgate, evitando, assim, possíveis acidentes ou consequências prejudiciais ao animal”, explica Garcia.

Resgates 2021

No total, a gerência de Fauna do Ipaam realizou 220 resgate, com 239 animais recolhidos em 2021. A GFAU informou ainda que como procedimento padrão, a equipe efetua uma averiguação prévia das espécies e após constatação de bom estado de saúde é executado um mapeamento da região, para localização de habitat verde e adequado para a soltura nas redondezas, porém, distante de locais urbanos (empresarial e habitacional).

Já se o animal apresentar algum tipo de lesão, o mesmo será encaminhado para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama). O setor destaca ainda que realiza somente a captura de animais silvestres vertebrados fora de seu habitat natural. O serviço de resgate do Instituto funciona de segunda a sexta-feira e atende toda a capital, Manaus, das 8h às 17h. Para contatar a equipe, estão disponíveis os números (92) 2123-6739, 98438-7964 (WhatsApp) e o endereço eletrônico: [email protected]