Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
19 de novembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Bruno Pacheco – Da Revista Cenarium

MANAUS – O Coronel Alfredo Menezes (Patriota), terceiro candidato à Prefeitura de Manaus a participar da “Sabatina Técnica” da REVISTA CENARIUM, disse nesta quarta-feira, 28, que quer dar às mulheres, por meio do empreendedorismo, a capacidade para elas se realizarem em seu governo, caso seja eleito para o Executivo Municipal.

De acordo com o postulante, durante o primeiro bloco do programa ‘Estúdio C’, ao ser questionado pela vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Amazonas (OAB-AM), Grace Anny Benayon, garantiu que buscará políticas públicas voltadas à população feminina durante sua gestão.

O Coronel, padrinho de casamento e amigo pessoal do presidente Bolsonaro (sem partido), destacou que tem percorrido as ruas da capital amazonense e tem percebido o grande número de mulheres à frente de negócios, por isso quer fomentar o empreendedorismo. “Fomentando exatamente isso, nós conseguimos ajudar essas mulheres”, afirmou o candidato.

Menezes pontuou ainda que criou um plano com três cenários econômicos. “Esse plano foi feito baseado no pior cenário. Meu mestrado e doutorado é nessa área. Quando a gente planeja, considera o pior cenário, por isso nós não fizemos promessas muito ousadas, porque não sabemos como vai estar a economia a partir de primeiro de janeiro de 2021. E caminhando nessa direção, temos parceria para fomentar esse empreendedorismo, colocado para mulheres, como entidades como Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas)”, elencou.

Saúde encaminhada

O candidato sabatinado pelos especialistas disse, ainda, que o governo federal já tem um plano voltado para a saúde da mulher e que irá buscar ampliar o programa, pois estará trabalhando em criando um programa inédito para a saúde do homem, caso seja eleito prefeito de Manaus.

“O da mulher já está muito bem formatado. As mulheres têm esse grande mal que lhes afetam, que é a parte do câncer, tanto do útero quanto da mama. Eu perdi uma mulher que é minha irmã, então sou sensível a esse tema. E é por aí que iremos olhar e encarar o nosso público feminino”, finalizou.