‘Única forma de ajudar a sociedade é trabalhar todos juntos’ , diz ministro da Saúde em Manaus

Da Revista Cenarium*

MANAUS – Em visita a Manaus, neste domingo, o ministro da Saúde, Nelson Teich, disse que é necessário união dos governos federal, estadual e municipal para fortalecer o combate ao novo Coronavirus (Covid-19). Ele se reuniu com o govenador Wilson Lima na sede do Governo, na zona oeste da capital.

“É uma doença que chega com uma capacidade enorme de sobrecarregar qualquer sistema. Tanto que não é um problema nosso, de Manaus, Amazonas, é um problema do mundo. E a gente tem certeza que a única forma que a gente tem de ajudar a sociedade é trabalhando todo mundo junto, de uma forma planejada, estruturada”, disse o ministro durante live transmitida pelo Governo do Amazonas, com a participação de Wilson Lima e o secretário executivo do Ministério da Saúde (MS), general Eduardo Pazuello.

Segundo Teich, o MS está focado na obtenção de respiradores e testes, para ampliar a capacidade de diagnósticos no país.

“Nesse momento o foco é de entrega. A gente começa um projeto de diagnóstico e a gente tá trabalhando na parte de respiradores pra conseguir, não só produzir mais no Brasil, como trazer de fora e, com isso, a gente de mãos dadas consiga salvar o maior número de pessoas”, frisou.

O governador Wilson Lima disse que o Governo do Estado e o MS estão trabalhando de forma conjunta para enfrentar a pandemia. Ele agradeceu o apoio do Governo Federal e destacou os esforços do Estado.

“Nos últimos dias o Ministério da Saúde, junto com as nossas equipes de saúde, tem trabalhado no planejamento estratégico. Estamos ampliando a estrutura de atendimento. Só nesse fim de semana, conseguimos chegar a nossa capacidade total lá no Delphina Aziz, com 350 leitos disponíveis incluindo 100 leitos de UTI e estamos ampliando mais leitos de UTIs e leitos clínicos e também no Hospital Nilton Lins”, disse Wilson Lima que logo mais acompanha o ministro e a equipe dele em visitas ao Hospital Delphina Aziz e Hospital Nilton Lins.

(*) Com informações da Secretaria de Estado de Saúde (Susam)

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.

VOLTAR PARA O TOPO