Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
21 de janeiro de 2022
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE

Victória Sales e Luis Henrique- Da Revista Cenarium

MANAUS – Uma ventania e chuvas marcaram a manhã desta segunda-feira, 27, na capital amazonense. Segundo o meteorologista Cleber Souza, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), os ventos foram registrados acima de 40 km/h, o que, segundo o especialista, já é suficiente para causar estragos em uma cidade. Em várias localidades da capital amazonense, a ventania deixou marcas.

Na praça Tenreiro Aranha, no Centro, barracas de ambulantes foram atingidas pelos fortes ventos e objetos foram levados pelos ares. Os trabalhadores precisaram unir forças para segurar as estruturas e impedir que fossem destruídas. Um vídeo gravado por um lojista mostra o momento exato em que o forte vento leva os produtos que estavam na frente das lojas.

Imagens do momento da ventania no Centro de Manaus (Reprodução/ Internet)

“Eu estava no trabalho quando ouvi um estrondo. Fui olhar pela janela e vi as árvores quase sendo arrancadas. Foi uma imagem de filme. Alguns fios de energia elétrica dos postes acabaram encostando e causando curto-circuito. O lixo e as folhas começaram a voar e as pessoas a correr”, disse uma auxiliar de serviços gerais que preferiu não se identificar.

Uma árvore com mais de 10 metros de altura foi partida ao meio com a força dos ventos. O exemplar de jambeiro estava em uma área da unidade de saúde da Universidade do Estado do Amazonas (UEA), na zona Sul de Manaus. Não houve registro de feridos.

Registro mostra árvore partida ao meio no jardim da UEA. (Fabíola Chui/ Arquivo pessoal)

Já na Avenida Djalma Batista, bairro Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul, o teto de um posto de combustíveis também sofreu com a força dos ventos e teve parte da estrutura arrancada. Os registros foram filmados por câmeras de celular e as imagens viralizaram nas redes sociais. No mesmo bairro, o telhado da garagem de uma casa foi arrancado e assustou os moradores.

Durante a forte chuva registrada em Manaus, parte da decoração de Natal do Complexo Turístico da Ponta Negra, na zona Oeste da capital, inaugurada no último dia 6 de dezembro, pela Prefeitura de Manaus, foi arrancada pela forte ventania. Decorações da árvore de 40 metros foi arrancada, o que causou um grande transtorno por quem tentava se abrigar perto do local.

No mesmo local, pelo menos três árvores também foram derrubadas com a força do vento, além de barracas dos comerciantes que trabalham no complexo. Até o fechamento da matéria a Defesa Civil do Amazonas ainda não havido sido acionada para maiores ocorrências. No porto de Manaus, a população também registrou o momento em que uma canoa afundou com o vento que deixou as águas do rio Negro mais agitadas. O motor que estava na embarcação acabou sendo levado também pelas águas.

Imagens que registraram a embarcação afundando em Manaus (Reprodução/ Internet)