26 de novembro de 2020

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC

Da Revista Cenarium*

MANAUS – Com o objetivo de fortalecer a gestão, a inovação tecnológica e a preservação ambiental em comunidades ribeirinhas de Manaus, a UniNorte – Centro Universitário do Norte lança o projeto “Faculdade na Comunidade – Travessia Sustentável”.

A iniciativa, realizada em parceria com a Cooperativa de Canoeiros da Marina do Davi e Fátima (ACAMDAF), vai levar ações de desenvolvimento de negócios, tecnologia e educação ambiental para os moradores da Marina do Davi e nove comunidades rurais localizadas na região.

Uma das principais atividades realizadas será a modernização do sistema de informações do horário de chegada e saída das embarcações na Marina do Davi, ponto de partida para várias atrações turísticas da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) do Tupé.

Projeto

O aplicativo “Travessia Sustentável”, já em desenvolvimento pelos cursos de Engenharia da Computação e Sistemas de Informação da UniNorte, vai auxiliar o trabalho dos canoeiros que atuam na marina.

“Os pilares desse projeto são a inovação tecnológica, o fortalecimento do processo socioorganizacional de cooperativas e a preservação ambiental. Desta forma, queremos subsidiar os canoeiros e moradores das nove comunidades rurais com ações de fortalecimento, disponibilizando os conhecimentos da comunidade acadêmica para o desenvolvimento social, ambiental e econômico dessa população”, afirma a coordenadora de Responsabilidade Social da UniNorte, Gilmara Teles.

De acordo com a ACAMDAF, mais de 5 mil pessoas passam pela Marina do Davi nos fins de semana, rumo a atividades turísticas localizadas nas comunidades da RDS do Tupé.

Além do aplicativo, a UniNorte, por meio do seu curso de Administração, também montará um plano de negócios para o desenvolvimento da renda dos canoeiros da Marina do Davi. Já o curso de Serviço Social da Instituição atuará com ações de fortalecimento da liderança comunitária junto a ACAMDAF.

A UniNorte também instalará lixeiras para coleta seletiva e fará orientações de preservação ambiental para os turistas e trabalhadores locais.
As ações do “Faculdade na Comunidade” serão desenvolvidas de outubro a dezembro deste ano.

(*) Com informações da Uninorte

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.