20 de setembro de 2020

Dólar

Euro

Manaus
23oC  29oC

Mencius Melo – Da Revista Cenarium

MANAUS – Aos poucos reativando a cena cultural, a Secretaria de Estado da Cultura e Economia Criativa do Amazonas (SEC) retorna com o “Domingo Autoral”. Desta vez, a banda convidada é a experiente Johnny Jack Mesclado. Os regueiros de Manaus sobem ao palco do Teatro da Instalação, localizado na rua Frei José dos Inocentes s/n, Centro. O evento tem início às 19h com acesso gratuito, no entanto, por normas sanitárias, o agendamento deve ser feito no Portal da Cultura.

Em estilo arquitetônico eclético, o belo Teatro da Instalação será o palco da segunda temporada do projeto “Domingo Autoral” (Reprodução/Michael Dantas)

O quinteto manauara é formado por Tennessee Nogueira (voz), Frederico Paulus (baixo), Gabriel Pinto (bateria), Daniel Oliveira (guitarra) e Lúcio Bezerra (teclado) e, há quase duas décadas, marca a cena musical de Manaus.

Segundo o baixista ‘Fred’, como é popularmente conhecido, a banda, mesmo com a paralisia da pandemia, não parou de produzir e promete música nova no repertório. “Já apresentamos a novidade ao público em lives que realizamos e, agora, teremos a chance de sentir a receptividade dos fãs pessoalmente”, comentou Fred que assina a grande maioria das mais de 50 composições da Johnny Jack Mesclado.

Segunda temporada

Interrompida, como quase tudo no mundo artístico, o “Domingo Autorral” retorna em segunda temporada. A ideia surgiu de uma conversa entre o secretário Apolo Muniz e os músicos Nícolas Junior e Celdo Braga, ambos ativos artistas da cena cultural do Amazonas. “Estamos retomando as atividades nos nossos espaços de forma gradual e a partir da avaliação do comportamento do público”, explicou Apolo.

Ele conta que tudo ainda está no campo da observação sobre como o público irá reagir e interagir dentro das normas estabelecidas para a segurança de todos, no caso: plateia, artistas e corpo de produção envolvido.

“No Teatro da Instalação, por exemplo, vão ser disponibilizados somente 70 lugares para o sistema de agendamento”, detalhou o secretário. “Com o ‘Domingo Autoral’, queremos oferecer oportunidade de artista e público se reencontrarem com segurança”, ponderou.

Com clássicos conhecidos pelo público local, JJM é sempre uma banda que arrasta plateias para os seus eventos (Reprodução/Michael Dantas)

Atrações

Com o retorno do projeto, a programação contará ainda no mês de setembro com o Grupo Gaponga no dia 27. Em outubro, a agenda traz Armando de Paula no dia 04 e Lucilene Castro no dia 18. Já em novembro será a vez de Célio Cruz no dia 01 e Salomão Rossy no dia 29. Para fechar o ano com chave de ouro, a programação terá, em dezembro, a participação de Lucinha Cabral no dia 06 e Lucevilson de Souza no dia 20.

Set list

Em uma hora de apresentação, a Johnny Jack irá fazer uma viagem pelas obras que marcam a discografia da banda. Canções conhecidas do público que segue a JJM  nesses quase 20 anos de estrada estão no set list, entre as quais: “Aquela Menina”, do álbum “Que Jah Abençoe”, de 2003; “Fim de Semana”, de disco “Luz de Raiz”, de 2005; assim como sucessos dos álbuns “Três”, de 2009; “De Fone Pro Mundo”, de 2013; e dos EPs “Añoranza”, de 2015; e “601”, de 2016.

Protocolos

O Teatro da Instalação adotou todos os protocolos para prevenir a transmissão da Covid-19, como distanciamento social de 1,5 metro, totens de álcool em gel em pontos estratégicos, funcionários treinados e com equipamentos de proteção, aferição de temperatura na entrada do espaço e limpeza e higienização do local. A saída do público após os eventos é realizada de forma imediata e não é permitida a permanência do público nos corredores do espaço.

COMENTÁRIOS

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.