Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
6 de dezembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml

Com informações da Polícia Federal

BELÉM – A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira, 27, a Operação Caipora, nas cidades de Baião (PA), a 274 quilômetros de Belém, e Moju (PA), a 127 quilômetros da capital paraense, com o  objetivo de investigar a prática de abuso sexual infantojuvenil na internet, por meio da disponibilização e armazenamento de pornografia infantil. 

Foram cumpridos 02 (dois) mandados de busca e apreensão expedidos pela 3ª e 4ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária do Pará. Durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão em Moju (PA), um homem foi preso em flagrante.

Aparelhos utilizados para armazenar material também foram apreendidos. (Reprodução/Polícia Federal)

Caso confirmada a hipótese criminal, os investigados responderão pelos crimes de armazenamento e compartilhamento de pornografia infantil (art. 241-A e 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente), os quais determinam penas máximas que, se somadas, podem chegar a 10 anos de prisão.

O nome da operação, Caipora, remete a um personagem da mitologia tupi-guarani, que, no folclore brasileiro, é representado por um pequeno indígena, ágil e nu.

Delegado fala sobre o caso

Em vídeo, o Delegado da Polícia Federal no Pará, James Miranda, diz que a PF tem dado prioridade ao combate a este tipo de crime, além de investir em tecnologia para isso. Assista: