Participe do nosso grupo no Whatsapp Participe do nosso grupo no Telegram
16 de setembro de 2021
Ainda não é assinante
Cenarium? Assine já!
ASSINE
image/svg+xml
Cassandra Castro – Da Cenarium

BRASÍLIA – Uma Roda de Conversa pretende debater formas de obter maior representatividade de minorias no sistema político brasileiro. Entre os dias 29 e 30 de setembro, a Plataforma dos Movimentos Sociais pela Reforma do Político vai realizar uma roda de conversa online com a participação de representantes de movimentos sociais, ativistas e organizações da região Norte.

O intuito é construir um novo sistema político que dê voz a toda a sociedade sem menosprezar as populações tradicionais, povos indígenas e outros brasileiros, com baixa representatividade efetiva no sistema atual em vigor. Acreditando no amplo debate e conscientização coletiva como caminho para a transformação, a Plataforma promove o evento para fazer uma “radiografia política” de cada região do Brasil.

(Divulgação/Assessoria)

Modelos diferentes de democracia

O representante do Fórum da Amazônia Oriental (Faor), Marquinho Mota, está com grandes expectativas para a roda de conversas da Região Norte. Além do reencontro, mesmo que virtual, com ativistas da região que desenvolvem trabalhos em suas áreas de atuação, Marquinho quer contribuir juntamente com os demais participantes, com um panorama sobre qual democracia é ideal para a Região Norte.

“Creio que a principal contribuição que o Faor pode dar é levar para o debate, serão exemplos das várias democracias implantadas na floresta pelos seus povos originários, de forma a romper esse conceito de que o modelo de democracia que precisamos é um modelo branco, europeu, judaico cristão”, comentou Mota.

O membro do Faor também destaca a importância de mais destaque à região amazônica. “Precisamos olhar para o interior da Amazônia e ver que há milhares de anos, povos indígenas constroem uma sociedade sem divisão de classes, com uma forma de viver que é uma somatória sempre levando em conta o bem comum”, complementou.

Já a assessora técnica de projetos sociais do Fórum Brasileiro de Economia Solidária (FBES), Tatiane Valente, reforça que entre os assuntos já em pauta da roda de conversas, estão temas ligados ao empoderamento feminino e de análise de conjuntura. Isso para que juntas, as instituições convidadas somem ainda mais as forças na busca de um sistema político mais igualitário.

(Divulgação/Assessoria)

Como participar

Data: 29 e 30 de Setembro de 2021
Horário do evento: 15h (ACRE), 16h (Amazonas, Roraima, Rondônia), 17h (Pará, Tocantins, Amapá)
Três horas de duração por dia
Evento online: link será disponibilizado em breve.
Dúvidas entre em contato pelos e-mails: comunicacaoreformapolitica@gmail.com ou vitoriamcce@gmail.com

O encontro é aberto e as inscrições podem ser feitas no link.